Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atriz Felicity Huffman se declara culpada em escândalo de universidades

Americana foi acusada de ter pago 15.000 dólares para que sua filha mais velha obtivesse notas melhores na prova de admissão de uma faculdade

A atriz Felicity Huffman e outros doze pais de alunos aceitaram, nesta segunda-feira, se declarar culpados de ter pago subornos para conseguir a admissão de seus filhos em universidades de prestígio dos Estados Unidos.

Huffman, de 56 anos, conhecida por seu papel na série Desperate Housewives, aceitou se declarar culpada de pagar 15.000 dólares para que sua filha mais velha obtivesse notas melhores na prova de admissão da universidade, explicou o Departamento de Justiça do estado de Massachusetts em um comunicado. O marido da atriz, William H. Macy, estrela do seriado Shameless, não foi denunciado.

Huffman pode ser condenada a até vinte anos de prisão pelo crime de transferência fraudulenta de fundos, mas a expectativa é que a justiça não lhe imporá uma sentença tão dura.

Outra atriz famosa, Lori Loughlin, da série Full House, também foi acusada neste caso, mas não se uniu aos que se declararam culpados nesta segunda-feira. As duas atrizes eram as mais conhecidas de um grupo de cinquenta pessoas denunciadas por uma fraude para ajudar seus filhos a entrarem em universidades de elite nos Estados Unidos. Entre os pais envolvidos há diretores executivos de empresas e sócios de importantes escritórios de advocacia.

O líder do esquema fraudulento, William Rick Singer, concordou em se declarar culpado de acusações de fraude. Segundo as autoridades, Singer cobrou cerca de 25 milhões de dólares para garantir as admissões às universidades por meio de trapaças nas provas ou subornos a treinadores para recrutar estudantes em times esportivos, mesmo que eles não tivessem as habilidades necessárias.