Clique e assine a partir de 9,90/mês

As melhores padarias por VEJA COMER & BEBER CUIABÁ

Casas fazem parte dos 200 endereços integrantes da edição digital de VEJA COMER & BEBER CUIABÁ 2018/2019

Por Lidiane Barros, Marianna Marimon, Sissy Cambuim, Renan Marcel e Vinicius Tamamoto - Atualizado em 30 Apr 2018, 15h55 - Publicado em 27 Apr 2018, 01h00

Bakehouse 44

No espaço em que funcionava um antigo depósito de farinha de seu avô, o padeiro Marcelo Oliveira instalou uma charmosa e pequenina padaria. A vitrine da casa exibe os pães rústicos, fermentados naturalmente, entre eles o que leva uva-passa e nozes (R$19,00; 420 gramas). Um hit do local, os croissants são feitos em três versões: simples (R$ 8,00), com chocolate (R$ 10,00) e recheados, a exemplo do que combina mussarela de búfala e tomate (R$ 12,00). Avenida Senador Filinto Müller, 540, Duque de Caxias, 3023-4561 (26 lugares). 7h/20h (sáb. e feriados até 13h; fecha dom. e seg.). Aberto em 2016.

Padaria América

Moradores do Jardim das Américas há cerca de 35 anos, os sócios Marcelo Silveira e Rômulo Guimarães sentiam falta de uma padaria. Foi assim que, 15 anos atrás, apostaram no empreendimento batizado em homenagem ao bairro. Ali, um dos mais vendidos é o pão integral com castanha-do-pará e uva-passa (R$ 43,30 o quilo), elaborado com fermento natural. O francês com casquinha crocante de provolone (R$ 51,00, o quilo) também está entre os queridinhos. O bufê livre de café da manhã custa R$ 25,90 por pessoa durante a semana e R$ 32,90 aos fins de semana e feriados. Avenida Haiti, 344, Jardim das Américas, 3628-3060 (120 lugares). 6h/22h. Aberto em 2003.

Continua após a publicidade

Padaria Panfrigo

As receitas da família do casal Mônica e Laucídio Gomes são o segredo do sucesso da Panfrigo, que completa 37 anos. Para valorizar as raízes cuiabanas, o cardápio reúne bolo de arroz (R$ 2,00) e diversas compotas (R$ 28,00; 280 gramas), como a de caju, de abóbora, de limão e de figo. O tradicional pão francês (R$ 15,00 o quilo) é usado no sanduíche de mortadela (R$ 3,80). Outro lanche é montado no pão de batata e reúne frango defumado, uva-passa, maionese e requeijão (R$ 4,50). Avenida Tenente Coronel Duarte, 36, Centro Norte, 3321-9073 (26 lugares). 6h/20h (dom. e feriados até 14h). Aberto em 1981. 

Padaria Viena

Inspirado nas receitas da família, Hernando Brito prepara sugestões como o famoso pão tortano, de origem italiana é fermentado naturalmente com recheio de calabresa e provolone (R$ 36,90 o quilo). Para adoçar, o pãozinho com recheio de creme de leite ninho (R$ 52,90 o quilo) divide as atenções com o mil-folhas de baunilha (R$ 8,90). Entre as pedidas servidas no local, faz sucesso a omelete de peito de peru com queijo branco escoltada por pão da casa (R$ 17,90). Rua Brigadeiro Eduardo Gomes, 560, Popular, 3321-5835 (80 lugares). 6h/22h. Aberto em 2002.

Continua após a publicidade

Panetteria Tabacchi

Apostando na fermentação natural e na utilização de alguns insumos orgânicos, a casa prepara diversos tipos de pão. A ciabatta, por exemplo, é feita com farinha francesa e cúrcuma (R$ 36,00 o quilo) e o pão francês (R$ 14,00 o quilo) também é resultado da longa fermentação natural. No local, a clientela experimenta sanduíches como o de filé-mignon assado com mostarda (R$ 25,00), que pode ser montado em qualquer um dos pães. Para bebericar, vai bem o cafezinho coado à mesa (R$ 4,50). Rua Sá Porto, 10, Jardim Petrópolis, 99673-5518 (40 lugares). 14h/19h30 (sáb. 7h30/12h; fecha dom.). Aberto em 2013.

Sorella

Localizada na Praça Popular, esta é a segunda padaria do gaúcho Eduardo Goelzer e da catarinense Elaine Port em Cuiabá — daí veio o nome Sorella, que quer dizer irmã em italiano. A “primogênita”, que ficava no centro da cidade, encerrou as atividades, e hoje Elaine administra a casa campeã ao lado do herdeiro, Eduardo Goelzer Filho. Mais de 800 itens de fabricação própria, que, segundo os donos, são feitos sem conservantes nem pré-misturas, compõem o cardápio. Vendidas por quilo, as fornadas liberam diariamente cerca de 1 500 pães franceses (R$ 18,70), além de italianos (R$ 56,62), caseiros (R$ 33,00), de leite (R$ 35,55) e pãezinhos de santo antônio, que lembram bisnagas (R$ 41,78). A varanda, em frente ao vaivém da praça, convida o público a fazer um lanche ali mesmo. São boas pedidas salgados como o italianinho, assado e recheado com presunto e queijo (R$ 56,65 o quilo), e a coxinha de frango, que custa R$ 7,30 a unidade. O café chega coado, no copo americano (R$ 2,10), e expresso (R$ 5,50). A lista de produtos inclui ainda sanduíches e doces, expostos em uma vitrine, caso do bolo de milho (R$ 37,00 o quilo) e do pastel de belém (R$ 6,00 a unidade). Rua Brigadeiro Eduardo Gomes, 417, Popular, 3623-3192 e 99946-2332 (57 lugares). 6h/20h30 (sáb. até 19h30; dom. até 12h). Aberto em 1994.

Continua após a publicidade

Studio do Pão Boulangerie

Aqui, o preparo da massa leva, pelo menos, 24 horas. A receita foi desenvolvida pelo proprietário Marcos Domingues de Almeida, que especializou-se em São Paulo. Usando exclusivamente fermento natural, ele elabora sugestões como o pão tortano, recheado com blend de linguiças mais queijo mussarela (R$ 65,00 o quilo). Para beber, vai bem o cappuccino feito com chocolate belga (R$ 10,00). Rua das Violetas, 180, Jardim Cuiabá, 2129-7103 (18 lugares). 11h/19h (sáb. 8h/12h30; dom 8h30/12h; fecha seg.). Aberto em 2017.

EMPÓRIO

Big Lar

Continua após a publicidade

Este empório com jeitão de supermercado, em funcionamento há quatro décadas, é um antigo conhecido dos cuiabanos. A clientela sabe que nas prateleiras das quatro unidades da marca, podem ser encontrados produtos raros em outras lojas da cidade. Entre os itens importados, há chocolate belga Cachet de caramelo com sal marinho (R$ 12,99 a barra de 100 gramas) e azeite de oliva grego Kalamata D.O.P. (R$ 27,90; 500 mililitros). O setor de hortifruti também costuma reunir frutas, legumes e verduras menos triviais, caso da pitaia (R$ 31,79 o quilo). Da adega, saem vinhos como o chileno Santa Ema Amplus Old Vine Carignan 2015 (R$ 109,90). Avenida Miguel Sutil, 10223, Duque de Caxias, 3317-5900. 24 horas (fecha no domingo às 22h e reabre na segunda às 7h). Mais dois endereços. Aberto em 1978.

Publicidade