Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Angelina Jolie e Brad Pitt irritam moradores do sul da França

O que você acharia de ter Angelina Jolie e Brad Pitt como vizinhos? Adoraria? Pois moradores da cidade de Correns, no sul da França, não curtem muito ter o famoso casal por perto. Isso porque Angelina e Pitt são pouco sociáveis. Quando estão em Correns, o casal praticamente não sai do castelo de Miraval, propriedade da família Jolie-Pitt desde 2008. A distância é vista como arrogância.

LEIA TAMBÉM:

Angelina Jolie se casou com vestido decorado pelos filhos

Brad Pitt e Angelina Jolie são agora marido e mulher

Angelina Jolie não convidou o pai para seu casamento

Museu de cera celebra casório de Brad Pitt e Angelina

“Eles acham que somos caipiras”, se queixou ao local Le Journal du Dimanche um dos 900 habitantes da região, localizada a 250 quilômetros da fronteira franco-italiana. “Escrevemos para eles como parte de uma associação que luta contra a fibrose quística e nunca responderam”, disse por sua vez uma antiga trabalhadora do Escritório de Turismo, que também reclama porque o casal não emprega em seu terreno “os pedreiros, artesãos e pessoas que conhecem o local”. Os moradores dizem que seu interior se transformou em uma “fortaleza” na qual há ex-militares americanos e pessoal de segurança das forças britânicas.

Jolie e Pitt, que se casaram no castelo em outubro de 2014, descobriram o lugar durante um voo de helicóptero e, após três anos de aluguel, decidiram comprá-lo em 2008 por 35 milhões de euros. Apesar da intimidade que pretende preservar na região, onde viaja de carro separadamente para despistar a imprensa, o casal também é reconhecido por fazer algumas tentativas de se integrar com os nativos. Em 2011, por exemplo, Angelina e Brad Pitt convidaram o prefeito para jantar no castelo e visitaram com seus seis filhos um mercadinho na região vizinha de Entrecasteaux. “Quando viu as câmaras, Angelina fugiu, enquanto Brad se mostrou muito agradável, assegurando que podíamos tirar fotos, mas pedindo que não tocássemos em seus filhos”, comentou uma testemunha da cena.

As viagens à França fizeram de Brad Pitt um enófilo, segundo uma fonte próxima ao casal, até o ponto de virar membro da Associação de Professores Vinícolas Biológicos de Correns. Em junho, Pitt assinou várias garrafas para vendê-las com fins caridosos, o que rende à associação um faturamento de 29.800 euros, o dobro do ano anterior.

Os moradores também admitem que, apesar de a presença do casal dar publicidade a Correns, a cidade se beneficia da folgada situação econômica dos atores, que em certa ocasião gastaram “milhares de euros” em um só dia em uma loja de brinquedos.

(Com agência EFE)