Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aguinaldo Silva detona ‘La La Land’: ‘O cinema morreu’

Autor de novelas da Globo criticou o roteiro ('história pífia') e a atuação de Emma Stone e Ryan Gosling ('não têm o que fazer a não ser caras e bocas')

Aguinaldo Silva acabou de comprar uma briga feia com os fãs de La La Land: Cantando Estações, filme de Damien Chazelle que vem arrasando nesta temporada de premiações e é o favorito a levar o Oscar. Em seu perfil no Facebook, o autor de novelas da Globo detonou cada detalhe do filme, do roteiro à interpretação dos protagonistas, Emma Stone e Ryan Gosling. “O cinema morreu!”, o título do texto que Silva escreveu.

“Acabei de ver La La Land. Se este foi o melhor filme produzido este ano, então o cinema acabou”, disse. “Os atores não têm o que fazer a não ser caras e bocas, quando dançam não passam magia nem emoção, dá para perceber que ensaiaram rigorosamente cada passo durante semanas até no mais mínimo gesto de dedos, mas ficaram a quilômetros da perfeição…”

Aguinaldo Silva continuou, mirando o roteiro do longa, também escrito por Chazelle. “A história é pífia, os encontros e desencontros entre os dois são falsos e forçados, enfim… É um filme que ganhará todos os prêmios, sim… E depois será esquecido.”

No Facebook, o autor já passou a ser o alvo dos fãs de La La Land. “Esse entendeu bem o filme que assistiu… Primor de roteiro é Senhora do Destino e Império, né não? huAHuAhUAhAUhAU! Cada coisa que a gente tem que ler…”, escreveu uma pessoa, lembrando duas das novelas de Aguinaldo exibidas na Globo. “Bom mesmo é Crô, o Filme. Aquela obra-prima! Kkkkkkkkk”, disse outro, ironizando o filme protagonizado pelo personagem Crô (Marcelo Serrado), de Fina Estampa (2011), outro trabalho do autor.

Leia abaixo a íntegra da crítica de Aguinaldo Silva:

O CINEMA MORREU!
Acabei de ver La La Land. Se este foi o melhor filme produzido este ano, então o cinema acabou. Os atores não têm o que fazer a não ser caras e bocas, quando dançam não passam magia nem emoção, dá para perceber que ensaiaram rigorosamente cada passo durante semanas até no mais mínimo gesto de dedos, mas ficaram a quilômetros da perfeição… Olhem só a mão do rapaz na foto: vocês acham que Gene Kelly alguma vez na vida faria esse bico-de-pato? A história é pífia, os encontros e desencontros entre os dois são falsos e forçados, enfim… É um filme que ganhará todos os prêmios, sim… E depois será esquecido. Quando eu penso que Moulin Rouge, este sim, um musical revolucionário, não ganhou o Oscar… Desligo o bluray e volto correndo para as séries da Netflix.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Bebela Lanna

    Eu não assisti ao filme, não posso comentar. Mas um filme que ganha 8 globos de ouro não deve ser um episódio que se vê todo dia nas telonas. O Aguinaldo Silva tem todo direito de achar o que quiser de qualquer coisa, mas por que ele não trata de fazer algo melhor do que novela, algo que edifique??!

    Curtir

  2. Fernando Jose Fenerich

    Lalaland é um filme muito agradável de assistir, muito superior as porcarias que esse sujeito escreve.

    Curtir

  3. Alexandre Raposo

    O filme é muito fraquinho, mas quem é Agnaldo Silva para falar da qualidade de alguma obra audiovisual, especialmente no que diz respeito a roteiro? O sujeito faz uma teledramaturgia de terceira categoria, tramas frouxas e mal ajambradas, personagens esquemáticos e caricatos, diálogos tatibitati, truques narrativos vulgares e manjados. Telhado de vidro total.

    Curtir

  4. Luis Alberto Zambon

    CONCORDO! Eu AMO musicais – mas esse É O PIOR DE TODOS! HORRÍVEL! A distribuidora deve estar soltando $ nos bastidores.

    Curtir

  5. Victor Bitarello

    Que pena que ele não gostou. Que pena mesmo. Mas, fazer o que? É a opinião dele. Ele tem direito de não gostar. Eu amei cada detalhe. Não considero o melhor filme que já vi, mas ele entrou, com certeza, na minha lista de melhores.

    Curtir

  6. O núcleo gay da Globo ficou todo ouriçado. Mas que o musical é uma bosta lá isto é.

    Curtir

  7. Carlos Marques

    A inveja e o ressentimento são uma m#er*d*@…

    Curtir

  8. Paulo Bandarra

    Sim. E eu que tenho com o gosto dele?

    Curtir

  9. Qual a obra relevante desse senhor parlapatão? Novela? Tenha paciência! Esse sujeito nunca produziu nada decente, só produziu lixo e tem a coragem de críticar o trabalho alheio?! Pergunta: bom mesmo foi Crô, o filme? 🙈 Lixo!!!

    Curtir

  10. Caubi Maciel da Nóbrega

    Tô com ele. Xaropisse total. Coisa de amadores. Aliás, fico imaginando se foi apenas o baixo orçamento que impediu a contratação de atores tão sem expressão. Roteiro idiota. Encontros e reencontros sem uma possibilidade minimamente lógica. Músicas que não convencem. Enfim, parece mais um TCC do que uma obra definitiva. Me lembrou “A COR PÚRPURA”, muitas indicações, nenhum prêmio, com a diferença de que aquele era de fato muito bom.

    Curtir