Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

MEC vai supervisionar bolsistas do Prouni

Objetivo é identificar beneficiários em situação irregular

Por Da Redação
30 abr 2013, 18h37

O Ministério da Educação (MEC) informou, nesta terça-feira, que supervisionará os bolsistas do Programa Universidade para Todos (Prouni), que custeia mensalidades de cursos de ensino superior em instituições privadas. A supervisão será feita pela Secretaria de Educação Superior com o objetivo de averiguar se o estudante continua atendendo aos critérios estabelecidos pelo programa, que determina que só podem obter a bolsa integral estudantes com renda familiar de no máximo um salário mínimo e meio (1.017 reais) por pessoa. Para as bolsas parciais, é preciso ter renda familiar de até três salários mínimos (2.034 reais) por pessoa.

Leia também:

Prouni: divulgadas as regras para bolsas remanescentes

Prouni: instituições fazem 2ª chamada da lista de espera

Continua após a publicidade

Para checar as possíveis irregulares na concessão das bolsas, a secretaria cruzará informações de cadastros oficiais. O governo também espera receber denúncias. Dirigidas diretamente ao MEC, as denúncias – que podem ser mantidas anônimas – precisam conter uma explicação do porquê o estudante é suspeito de irregularidade. Uma vez aceita a denúncia, o bolsista será notificado e terá dez dias para apresentar a documentação exigida para verificação. Depois disso, o coordenador local do Prouni julgará a situação do estudante e vai decidir entre manter ou encerrar sua bolsa.

Se o benefício for cancelado, o estudante será avisado e, se desejar, terá mais dez dias para redigir um pedido de reconsideração. Esse documento deve justificar a revisão do caso e ser encaminhado ao dirigente da instituição de ensino, que avaliará o pedido em conjunto com a Comissão Local de Acompanhamento e de Controle Social (Colap). A decisão final será comunicada em vinte dias. Até essa última etapa, não poderão ser cobradas do estudante as despesas educacionais que são cobertas pela bolsa.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.