Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

MEC divulga cadernos de prova do Enem 2015

Os 5,7 milhões de candidatos que realizaram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio no último fim de semana terão acesso às notas em janeiro de 2016

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do Ministério da Educação (MEC), divulgou nesta sexta-feira (30), os cadernos de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Os testes objetivos de sábado (24) e domingo (25) estão disponíveis de acordo com a cor dos cadernos.

Confira aqui.

No primeiro dia do exame, a prova teve quatro horas e meia de duração, e no segundo dia, que incluía a redação, cinco horas e meia, mas os estudantes podiam deixar os locais de prova com os cadernos de questões somente meia hora antes do término das provas, sob pena de eliminação.

Segundo o Inep, responsável pela organização do exame, os candidatos poderão conferir as notas individuais em janeiro de 2016. Os gabaritos oficiais do Enem estão disponíveis para consulta desde a última quarta-feira (28).

Leia também:

“É importante a violência contra a mulher cair no Enem”, diz Maria da Penha

Enem 2015: após atraso, alunos tentam invadir local de prova

O exame foi realizado no último fim de semana por 5,7 milhões de candidatos. De acordo com o ministério, o exame deste ano teve o menor índice de abstenção desde 2009, quando o exame passou a ser utilizado também como um dos mecanismos de seleção para ingresso no ensino superior. A taxa de faltosos foi de 25,5% – ante 37,7% em 2009. O índice, porém, ainda é considerado alto se comparado com outros vestibulares, que têm abstenção de cerca de 10%.

Prova difícil – Em dois dias de exame foram aplicadas quatro provas objetivas (Ciências Humanas e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias), além da redação, que teve como tema “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”. De acordo com os professores, a prova deste ano foi mais difícil que a de anos anteriores, com questões de alto nível que exigiram grande capacidade de interpretação e contextualização. Nos dois dias do exame, o site de VEJA exibiu o gabarito extraoficial das provas, com questões respondidas pelos professores do Anglo Vestibulares.

(Da redação)