Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Petrobras flexibiliza modelo para repasse no Progredir

Por Da Redação
3 ago 2012, 15h33

Por AE

São Paulo – A Petrobras iniciou um novo modelo de vinculação de receita aplicado no Programa Progredir. A partir desta semana, o fornecedor da Petrobras determinará o porcentual-limite, entre 20% e 50% de seu contrato, que deseja vincular a financiamentos à cadeia de subfornecedores. Anteriormente, esse limite estava em 50%. A mudança no porcentual-limite foi comunicada pela presidente da estatal Maria das Graças Foster no início de junho.

A mudança dá mais autonomia para que o fornecedor ajuste suas possibilidades às necessidades de seus parceiros. O Programa Progredir permite que empresas que integram a cadeia de suprimentos da Petrobras obtenham empréstimos nos bancos parceiros com base em contratos de fornecimento de bens e serviços assinados com a Companhia. Esse benefício também pode ser repassado aos subfornecedores da cadeia, ou seja, aos fornecedores dos fornecedores da Petrobras.

“O objetivo da companhia, ao flexibilizar esse percentual, é o de permitir que o fornecedor direto possa ampliar o acesso dos subfornecedores da Petrobras ao crédito, preservando para si um porcentual maior de seu contrato, se desejar, para seu próprio financiamento”, destacou a estatal em nota publicada nesta sexta-feira.

Outra novidade oficializada pela Petrobras é o ingresso dos bancos Citibank, Banrisul e BicBanco ao programa, que já reunia Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, HSBC e Santander. A ampliação da lista dos bancos também havia sido antecipada por Graça Foster há dois meses.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.