Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade
Imagem Blog

De olho nos tributos

Por Adolpho Bergamini Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Dados e análises sobre os impostos e seu efeito na economia
Matera parece ser uma boa introdução para falarmos da aprovação, pela Câmara dos Deputados, do projeto de regulamentação da Reforma Tributária
O modelo dos negócios familiares está para sofrer uma reviravolta, e sua viabilidade deve ser revista por muitos grupos
O motivo para a voracidade fiscal está no rombo das contas públicas, que só aumenta, e o passado mostra que há um padrão nessa dinâmica
A medida provisória revogou todas as possibilidades de uso dos saldos credores de PIS e Cofins para pagamentos de impostos federais
O texto de regulamentação mantém a lógica e afasta os produtos da cesta básica da incidência da CBS e do IBS, mas há problemas
O novo tributo retira a seletividade de cena e trás, como referência de incidência, o critério da nocividade do bem ou serviço à saúde ou ao meio ambiente
As propostas do IBS e da CBS sobre operações imobiliárias e financeiras podem ter repercussões tributárias grandes e graves
Saudades da Aristóteles: O PL que reúne as visões do governo em torno da Reforma Tributária, está repleto de contradições
A segurança jurídica deveria ser um princípio inegociável na formulação e na reforma da Constituição, mas não é o cenário que vem sendo desenhado
economia-imposto-renda-animal-leao-20130315-05-original.jpeg

O rugido do Leão

De olho nos tributos Por
De olho nos tributos
Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Nos últimos meses, o noticiário econômico tem relatado o aumento das despesas do governo e a deterioração das contas públicas não vai impedir seus planos
Publicidade
Onerar demais certos produtos pode não ter como consequência a diminuição do consumo, mas, sim, jogar consumidores ao mercado de itens de menor qualidade
Apesar do texto estipular que não haverá majoração da carga tributária em relação ao PIB, importantes setores econômicos arcarão com impostos maiores
Neste ano teremos a vigência de medidas cruéis que têm o objetivo de fazer as contas públicas se equalizarem à força
Desoneração da folha: o melhor caminho não é buscar arrecadação a qualquer custo, e sim dentro dos limites constitucionais
Continua após publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.