Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Brasil tem quase 262 milhões de celulares ligados

Operadoras realizaram 19,5 milhões de novas habilitações no ano passado, segundo a Anatel; Distrito Federal tem mais de dois celulares por habitante

Por Da Redação 18 jan 2013, 12h07

O Brasil encerrou 2012 com 261,78 milhões de linhas ativas na telefonia móvel e teledensidade (quantidade de linhas dividida pelo número de habitantes) de 132,78 acessos por 100 habitantes. Os dados foram divulgados na manhã desta sexta-feira pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Pelo balanço, no ano passado ocorreram 19,54 milhões de novas habilitações, crescimento de 8,07% na base de assinantes. Em dezembro, havia 210,82 milhões (80,53%) de acessos pré-pagos e 50,96 milhões pós-pagos (19,47%). A banda larga móvel registrou 59,19 milhões de acessos. Segundo a Anatel, o relatório publicado nesta sexta reflete os dados disponíveis em 18 de janeiro de 2013 e podem sofrer alterações.

A Vivo tem a maior participação nesse mercado (29,08%), seguida da Tim (26,87%), Claro (24,92%), Oi (18,81%), CTBC (0,28%) e Sercomtel (0,03%).

Mais telefones que habitantes – A teledensidade no país avançou 7,19%, subindo de 123,87 acessos por 100 habitantes em 2011 para 132,78 no ano passado. Por unidade da Federação, o Distrito Federal tem a maior teledensidade (220,69) e o Maranhão, a menor (90,33).

Leia também:

Clientes da Vivo reclamam de falha na rede nesta quarta-feira

Operadoras de celular lideram queixas ao Procon

Continua após a publicidade

Publicidade