Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Bolsa de NY cai, apesar de medidas de três BCs

Por Da Redação
5 jul 2012, 18h10

Por Renato Martins

Nova York – O mercado norte-americano de ações fechou em baixa nesta quinta-feira, apesar de sinais de melhora no mercado de mão-de-obra nos Estados Unidos e de medidas de estímulo à economia anunciadas pelo Banco Central Europeu (BCE), Banco da Inglaterra (BoE) e Banco do Povo da China (PBoC).

Estrategistas disseram que o entusiasmo inicial dos investidores com as medidas tomadas pelos bancos centrais evaporou rapidamente, porque muitos já levavam em conta a possibilidade de acontecerem, especialmente a redução da taxa básica de juros do BCE. Segundo eles, alguns investidores manifestaram decepção pelo fato de o BCE não ter sinalizado com medidas adicionais de estímulo; outros mantiveram seu foco na debilidade econômica que levou os bancos centrais a agir.

“De um lado, tivemos as ações sincronizadas por parte dos bancos centrais, e inicialmente pensamos: ‘Uau, isso é bom’. Mas, pensando bem, aparentemente temos um problema de crescimento maior do que parece à primeira vista”, comentou o estrategista John De Clue, da US Bank Wealth Management.

Nos EUA, a estimativa da consultoria Automatic Data Processing (ADP) para o número de postos de trabalho criados no setor privado em junho ficou em 176 mil, quando os economistas previam 108 mil. “Os dados da ADP foram, sem dúvida, o número do dia, e isso é um bom sinal para os dados do payroll que saem nesta sexta-feira”, disse Sandy Lincoln, estrategista da BMO Asset Management.

Continua após a publicidade

Outros participantes do mercado lembraram que os volumes foram bastante reduzidos, por ser uma sessão entre o feriado desta quarta-feira e a divulgação dos dados do nível de emprego.

As ações dos bancos fecharam em queda (Goldman Sachs -2,72%, Morgan Stanley -3,97%, Bank of America -2,98%, JPMorgan Chase -4,18%). As do setor de comércio varejista reagiram aos informes de vendas das redes em junho (Costco -0,44%, Macy’s +2,73%, Kohl’s +6,26%, Target -1,09%). As ações da OraSure Technologies subiram 10,41%, depois de a agência reguladora de medicamentos e alimentos dos EUA (FDA, na sigla em inglês) aprovar o teste caseiro para vírus HIV produzido pela companhia.

O índice Dow Jones fechou em queda de 47,15 pontos (0,36%), em 12.896,67 pontos. O Nasdaq terminou em leve alta de 0,04 ponto, aos 2.976,12 pontos. O S&P-500 finalizou em baixa de 6,44 pontos (0,47%), em 1.367,58 pontos. O NYSE Composite finalizou com desvalorização de 63,90 pontos (0,81%), em 7.837,77 pontos. As informações são da Dow Jones.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.