Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

BC aponta viés restritivo de crédito para empresas

Por Da Redação - 23 maio 2012, 12h12

Por Ricardo Leopoldo

Curitiba – O diretor de política econômica do Banco Central, Carlos Hamilton Araújo, informou nesta quarta-feira que uma pesquisa trimestral sobre as condições de crédito, feita pela autoridade monetária com empresas, aponta que a expectativa para o segundo trimestre possui um viés restritivo. Segundo ele, a restrição na oferta de crédito está relacionada à inadimplência. Araújo destacou, porém, que no segmento para micro e pequenas empresas, há um viés positivo para o período entre abril e junho de 2012.

Segundo o diretor do BC, entre o primeiro e segundo trimestres deste ano, há uma reversão de tendência na expectativa de crédito, em geral, na economia.

Sobre as famílias, Araújo destacou que o endividamento atingiu 42,9% em fevereiro, e está em moderação. Ele ressaltou que esse endividamento significa o estoque da dívida como proporção da renda, independente da maturação.

Publicidade

Dessa forma, Araújo avalia que o crédito às pessoas físicas tem viés positivo para o segundo trimestre. Ele destacou uma melhora na expectativa de oferta e demanda do crédito habitacional, estimulado, principalmente, pelo baixo desemprego no País e a renda em elevação.

Publicidade