Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Relembre acertos e erros de ‘Dez Mandamentos’, que termina hoje

Por Da Redação 23 nov 2015, 16h20

Uma das maiores apostas da Record para 2015, a novela bíblica Os Dez Mandamentos finalmente exibe o seu último capítulo nesta segunda-feira, depois de oito meses — e muita enrolação — no ar. O folhetim escrito por Vivian de Oliveira, que já havia trabalhado com histórias bíblicas em minisséries como O Rei Davi e José do Egito, acaba com a marca de ter sido a primeira novela desde Pantanal, em 1990, a abalar a concorrente Globo e liderar o Ibope.

Leia também:

‘A Regra do Jogo’ x ‘Os Dez Mandamentos’: uma guerra de audiência e valores

Moisés deve morrer na segunda temporada de ‘Os Dez Mandamentos’

‘Os Dez Mandamentos’ capricha no Mar Vermelho – mas faz deserto ‘de isopor’

A trama foi, sem dúvida, um dos maiores investimentos da emissora, com capítulos orçados em cerca de 750.000 reais cada um. O elevado custo de produção valeu a pena e a Record apresentou ao seu público um produto com qualidade técnica acima da média do que vinha sendo mostrado pela emissora. Apesar disso, nem tudo foi de primeira: o sucesso foi tão grande e inesperado que o canal espremeu tudo o que conseguiu da história, alongando-a mais do que deveria.

Confira na lista abaixo os altos e baixos da novela:

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade