Clique e assine a partir de 9,90/mês

Processo de assédio causou fim da clássica série ‘Anos Incríveis’

Segundo a atriz Alley Mills, que fazia a mãe da família, o ator Fred Savage, então com 16 anos, foi acusado por uma figurinista

Por Da redação - Atualizado em 29 jan 2018, 18h21 - Publicado em 29 jan 2018, 17h38

Quase 25 anos após o último capítulo da série Anos Incríveis ser exibido, a atriz Alley Mills, a mãe da família Arnold, explicou o motivo que levou ao fim do programa em sua sexta temporada, apesar da grande popularidade. Em entrevista ao Yahoo! Entertainment neste fim de semana, ela contou que o seriado terminou após um processo de assédio sexual contra o protagonista Fred Savage, então com 16 anos, movido pela figurinista Monique Long, com 31 anos.

“Quando filmamos o último episódio da série, ninguém sabia se Anos Incríveis seria renovada por causa de um processo de assédio sexual completamente ridículo contra Fred Savage — que é a pessoa menos ofensiva e mais incrível e doce que já pisou na Terra”, Alley afirmou, comentando que talvez não devesse falar sobre isso, mas, depois de tanto tempo, não se importa mais.

Ela disse que achava tudo uma grande piada e pensou que o processo não seria levado a sério. De qualquer forma, além do fim do seriado, a emissora fez um acordo com a figurinista. Ela também acusava outro ator, Jason Harvey, o intérprete do irmão de Kevin. “Eles (os executivos da emissora ABC) queriam evitar escândalos, mas ficou parecendo que eram culpados. Sabe, você não paga alguém se não houve crime, só demite a menina”, disse a atriz.

Alley ainda fez um paralelo com a recente onda de denúncias contra assédio e abuso em Hollywood. “É um pouco parecido com o que está acontecendo agora”, comparou. “Algumas pessoas inocentes podem ser envolvidas nessa coisa, é muito complicado. Aquele caso não era verdade”, reforçou.

Procurada pelo Yahoo! Entertainment, a figurinista manteve sua acusação. “Naquela época, alegações de assédio não eram populares, nem bem recebidas em Hollywood. Agora, após todos esses anos, a verdade sombria de Hollywood e a cultura desenfreada de assédio sexual na indústria veio à tona”, respondeu por e-mail.

Continua após a publicidade
Publicidade