Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Pérola mais antiga do mundo é descoberta nos Emirados Árabes Unidos

Por Da Redação 7 jun 2012, 14h42

Paris, 7 jun (EFE).- Um grupo de pesquisadores franceses descobriu a pérola fina mais antiga do mundo nos Emirados Árabes Unidos, que data de 5500 a.C, informou nesta quinta-feira o Centro Nacional francês de Pesquisas Científicas (CNRS).

Essa pérola, descoberta em ruínas neolíticas do emirado de Umm al Qaywayn, tem 2 mil anos a mais que a que até agora era considerada a mais antiga, procedente do Japão por volta do ano 3000 a.C, destacou em comunicado o CNRS, ao qual pertencem os investigadores.

A descoberta demonstra a importância que este produto ‘tinha nas sociedades antigas do Golfo Pérsico e do norte do oceano Índico, até o ponto de constituir um elemento principal em sua identidade cultural’.

Todos os pérolas neolíticas achadas na Península Arábia procedem de dois tipos de ostras, a Pinctada Margaritifera e a Pinctada Radiata, cujo nácar era um recuso fundamental na economia das sociedades neolíticas.

Segundo os especialistas do CNRS, elas também tinham um papel particular nos ritos funerários, pois eram colocadas em algumas necrópoles nas sepulturas, e em outras, nos rostos da pessoas falecidas, e o nácar das conchas era utilizado para fabricar anzóis. EFE

mrp/id

Continua após a publicidade
Publicidade