Clique e assine a partir de 8,90/mês

Os melhores restaurantes variados e contemporâneos em Goiânia

Confira os endereços da categoria que valem a visita, mais opções de cozinhas como a árabe, chinesa e portuguesa

Por Camila Sayuri, Eula Lôbo, Geovane Gomes, Juliana Koch, Natália Ribeiro, Vinicius Tamamoto e Yuri Lopes - Atualizado em 28 out 2017, 12h39 - Publicado em 28 out 2017, 04h00

O roteiro a seguir, com 33 estabelecimentos, integra a edição de VEJA COMER & BEBER GOIÂNIA 2017/2018:

Íz Restaurante: eleito melhor variado/contemporâneo pelo júri
oi neste agradável restaurante no Setor Marista que os goianienses finalmente puderam experimentar toda a criatividade de Ian Baiocchi — até então, suas receitas estavam restritas ao serviço de catering. Em apenas dois anos, respaldado por seus três sócios, o cozinheiro, eleito o chef do ano nesta edição, conduziu a casa a dois prêmios: o de sua especialidade, cozinha variada, e o de melhor restaurante da cidade. Por aqui, Baiocchi combina as técnicas modernas a ícones da cozinha clássica para criar um menu bastante autoral. Na ala das entradas, a barriga de porco à la plancha (R$ 36,00) chega sobre uma base de batata frita e é finalizada com aïoli apimentado mais compota de tomate. Prato principal mais pedido, o entrecôte banhado por molho rôti ganha a companhia do risoto de grana padano com perfume de trufas brancas (R$ 89,00). Na hora da sobremesa, faz sucesso o bombom de frutas vermelhas recheado de chocolate branco. Ele é servido com sorvete de caramelo, biscoitinhos de castanha-de-caju, azeite de menta, pétala de rosa cristalizada e calda de chocolate 70% (R$ 34,00). No jantar de terça a quinta, as criações do chef podem ainda ser pedidas no menu confiança (R$ 310,00) — na refeição de nove tempos, os clientes só descobrem o que vão comer na hora em que os pratos chegam à mesa. Com quatro etapas, o menu degustação (R$ 140,00) está sempre disponível e tem receitas fixas, a exemplo do ovo perfeito apresentado ao lado de camarão grelhado, chuchu e paçoca de rabada sobre creme de mandioquinha com gengibre e aspargo. Há ainda um almoço executivo de terça a sexta por R$ 69,00. Rua 1 129, 146, Setor Marista, (62) 3092-5177 (84 lugares). 11h30/15h e 19h30/23h30 (sex. e sáb. 19h30/0h30; sáb. e dom. 12h/16h; fecha seg.). Aberto em 2015. $$$$

2º lugar: Meze Restaurante
Após um curso de gastronomia e inúmeras viagens pelo mundo, o chef Henrique Pontes abriu o próprio restaurante, com a proposta de valorizar ingredientes brasileiros e refinar a cozinha goiana. O endereço foi bastante lembrado pelo júri e ficou em segundo lugar na eleição de melhor variado/contemporâneo e em terceiro na que definiu o melhor restaurante da cidade. Rotativo, o cardápio é alterado de acordo com as estações do ano. Atualmente, estão presentes pratos como o canelone de frango caipira com pequi e milho (R$ 39,00) e a arraia salteada com creme de mandioca, banana, granola salgada e açaí (R$ 75,00). No arremate, faz sucesso o bolo de rolo de jabuticaba com chocolate branco, sorvete de mandioquinha, maracujá e cumaru (R$ 29,00). Mais de 100 rótulos repousam na adega, com opções a partir de R$ 70,00. Rua 1134, 73, Setor Marista, (62) 3639-8665 (46 lugares). 20h/0h (dom. 12h/15h30; fecha seg.). Aberto em 2015. $$

3º lugar: Zoe Restaurante
Novidade, o restaurante tem cardápio de Ian Baiocchi, eleito chef do ano nesta edição. O menu apresenta pratos variados, com alguma pegada saudável, como o salmão selado com risoto de arroz negro, catupiry e alho-poró mais vinagrete de uva (R$ 72,00). A picanha angus é servida com molho rôti e creme de alho-poró (R$ 98,00). Recheios diversos preenchem os profiteroles, como creme de maracujá, de laranja com Cointreau e ganache de chocolate 70% (R$ 24,00). Entre as bebidas, o gimlet (R$ 24,00) combina gim, laranja, blueberry, água com gás e xarope de açúcar demerara com baunilha. Avenida T13, esquina com a T 36, 711, Edifício Santorini, loja 1, Setor Bueno, (62) 3636-4152 (62 lugares). 12h15 e 19h30/23h30 (sex. e sáb. 12h/16h e jantar até 0h; dom. 12h/16h; fecha seg.). Aberto em 2017. $$

Bartolomeu Adega e Restaurante
A especialidade da cozinha são os pratos que demandam grandes períodos de cocção. Um deles é o leitãozinho à pururuca, que fica pronto após passar 36 horas no forno a lenha (R$ 126,00, para duas pessoas). O bacalhau piu piu é feito com postas altas do pescado guarnecidas com batata, tomate, cebola e arroz com raspas de limão-siciliano (R$ 148,00, para dois). No cardápio, também fazem sucesso as pizzas, caso da margherita, que reúne mussarela de búfala, tomate e manjericão, e da ortolana, coberta com abobrinha, berinjela e mussarela de búfala (R$ 66,00 cada uma). No arremate, as casquinhas feitas na casa podem ser recheadas com chocolate e morango e figo com doce de leite mais queijo de Minas (R$ 36,00, dezesseis unidades). Mais de 700 rótulos de vinho ficam guardados na adega. Rua 22, 69, Setor Oeste, Galeria Pátio 22, (62) 3215-4500 (350 lugares). 17h/0h (sáb. e dom. 11h/0h). Aberto em 2007. $$

Bistrô Sofia
O casarão que foi adaptado para o restaurante preserva uma arquitetura intimista, com luz baixa, móveis de madeira
e decoração delicada, que propicia um clima romântico. Uma sugestão de entrada é o trio enzo (R$ 59,00): musseline de batata-baroa, tiras de picanha e shimeji fresco. Na sequência é possível pedir o robalo sofia (R$ 59,00), receita na qual o robalo é servido numa cama de bananada-terra, coberto com molho de queijo Prima Donna e guarnecido de arroz com amêndoas. Encerra a refeição o petit gâteau de doce de leite com sorvete de creme (R$ 18,00). Rua 1135, 453, Setor Marista, (62) 3988-6005 (60 lugares). 18h/12h30 (fecha dom.). Aberto em 2009. $$

Casa Oliva
A história do estabelecimento começou em Anápolis (GO), no ano de 2010. Após sete anos, uma segunda unidade foi inaugurada na capital. No imóvel de pé-direito alto, jardim vertical e lâmpadas de filete são servidos pratos como o steak tartar, no qual o filé-mignon é picado na ponta da faca e misturado a azeite de trufas, tutano e servido com focaccia (R$ 49,00). Na relação de principais consta a bisteca de novilho da raça angus guarnecida de risoto de queijo grana padano, molho demi-glace e confit de beterraba (R$ 96,00). O cardápio do jantar também apresenta pizzas, como a tartufo grande, feita com molho de tomate, mussarela de búfala, gema de ovo mole, presunto de Parma crocante ao perfume de azeite de trufas brancas (R$ 70,00). O tiramisu (R$ 29,00) pode encerrar a refeição. Rua 15, 103, Jardim Goiás, (62) 3991-0203 (130 lugares). 18h/0h (sex. até 1h; sáb. 12h/1h; dom. 12h/0h; fecha seg.). Aberto em 2015. Aqui tem iFood. $$

Contemporane
Jardins verticais e uma jabuticabeira dentro do salão dão charme ao ambiente. Os clientes iniciam a refeição com o carpaccio de lagarto (R$ 47,90), no qual a carne vem valorizada por parmesão, molho de mostarda com alcaparra e rúcula. Na sequência, a cozinha despacha o robalo com crosta de castanha, banana-da-terra, molho pesto e risoto de alho-poró (R$ 79,90). Feito com ganache de chocolate branco e servido com sorvete de creme, o petit gâteau de chocolate é unanimidade na hora da sobremesa (R$ 21,90). Drinque clássico, o gim-tônica custa R$ 24,90. Rua 1136, 379, Setor Marista, (62) 3281-6268 (220 lugares). 11h30/15h e 18h/0h (sáb. sem intervalo 12h/1h; dom. 12h/16h; seg. só almoço até 15h). Aberto em 2001. Aqui tem iFood. $$

Dalí Bar e Taberna
No ambiente de luz indireta, móveis de madeira e parede de tijolos aparentes são servidas receitas de acento espanhol e mexicano. O cliente que opta pelo rodízio tem treze itens à disposição, entre eles taco e quesadilha (R$ 36,90 de terça a quinta, R$ 38,90 entre sexta e domingo). Em porção suficiente para quatro pessoas, a paella mistura marisco, lagostim, camarão e lula (R$ 170,00). Para beber, há cervejas Dos Equis (R$ 9,90 a long neck) e sangria, servida em jarra (R$ 49,90, 1 litro). Rua C-259, 55, Setor Nova Suíça, (62) 3095-2112 (60 lugares). 18h/2h (fecha seg.). Aberto em 2005. $$

Empório Piquiras
Trata-se de um dos mais tradicionais restaurantes da cidade, mas o tempo parece passar tranquilo para a marca, que agora tem uma unidade no Shopping Flamboyant. Para abrir o apetite, uma pedida é a panelinha de cogumelos, que reúne as variedades shiitake, shimeji e portobello puxados no azeite e servidos com creme de queijo parmesão (R$ 18,00). Entre os pratos principais está o bacalhau ao forno, receita na qual o lombo do pescado é temperado com cebola, alho e assado no forno na companhia de tomate, azeitona, brócolis, batata e ovo. Com arroz de brócolis como guarnição, a pedida custa R$ 160,00, para duas pessoas. O menu lista também o risoto de funghi, boa sugestão para combinar com o vinho Quinta dos Murças Esporão Assobio Douro 2014 (R$ 74,00). Shopping Flamboyant, Jardim Goiás, (62) 3920-2515 (450 lugares). 10h/0h. Shopping Bougainville, Setor Marista, (62) 3945-9900 (120 lugares). 8h/23h. Aberto em 1986. $$

Kabanas Restaurante e Bar
O restaurante reinaugurou uma das unidades em 2017 após deixá-la com pegada de boteco e cardápio focado em petiscos. O endereço do Shopping Flamboyant, porém, ainda atrai pelo menu variado. Servida com pesto de manjericão, rúcula e tomate-cereja, a burrata é sugestão para o pontapé inicial (R$ 48,00). Das pedidas principais, sobressaem o ravióli fresco recheado com mussarela de búfala e molho de tomate (R$ 49,00) e o porter house, um corte americano com 1 quilo de carne servido com batata assada, arroz biro-biro e vinagrete (R$ 185,00, para três pessoas). As pedidas podem ser acompanhadas pelo moscow mule, drinque clássico feito com vodca, suco de limão, xarope de açúcar e espuma de gengibre (R$ 19,00). No arremate, o petit gâteau com doce de leite argentino sai por R$ 27,90. Shopping Flamboyant, (62) 3922-3393 (245 lugares). 11h/15h e 17h/0h (sáb., dom. e fer. 10h/0h). Boteco Kabanas: Avenida T-3, 2693, Setor Bueno, (62) 3093-3393 (270 lugares). 17h/1h (sex., sáb. e dom. 10h/1h; fecha seg.). Aberto em 2004. $$

Nubah Spirited Bar
O portentoso restaurante tem mais de 600 metros quadrados e cardápio variado. Da cozinha comandada pelo chef Diego Clemente saem sugestões como o carpaccio de carne com salada de cogumelo-de-paris (R$ 42,00, para quatro pessoas), que pode anteceder o filé-mignon ao molho de queijo brie com batata gratinada e arroz com limão-siciliano (R$ 82,00, para duas pessoas). Carro-chefe da casa, o chamado brigitte bardot consiste num filé-mignon de 400 gramas com provolone envolto em bacon, com molho madeira e guarnição de farofa e batata canoa (R$ 76,00, para
dois). No almoço é montado um bufê (R$ 72,00 o quilo de segunda a sexta e R$ 82,00 o quilo aos sábados e domingos). Alameda Dom Emanuel Gomes, 251, Setor Marista, (62) 3999-0707 (120 lugares). 11h/14h30 e 19h/0h (seg. só almoço). Aberto em 2016. Aqui tem iFood. $$

República da Saúde
Num mesmo ambiente funcionam restaurante, empório e padaria. Durante o almoço, o público aproveita o bufê livre, no qual quinze saladas ficam expostas ao lado de sugestões com carne, frango, peixes e guarnições (R$ 28,90  por pessoa de segunda a sexta e R$ 34,90 aos sábados e domingos). No jantar são servidos pratos à la carte, como o filé de tilápia à moda da casa, feito com alcaparra, tomate-cereja, cogumelode-paris, batata, palmito e arroz de brócolis como acompanhamento (R$ 35,90, individual, ou R$ 65,90, para duas pessoas). Feita no próprio endereço, a cheesecake com calda de frutas vermelhas tem preferência na hora da sobremesa (R$ 13,90). De pegada natural, o suco de hibisco com chá da flor, morango, abacaxi e gengibre sai por R$ 14,90. Está prevista para outubro a inauguração de uma nova unidade no Setor Bueno. Rua 89, 655, Setor Sul, (62) 3942-6575 (200 lugares). 8h/23h. Aberto em 2008. Aqui tem iFood. $

Terraço New York Restaurante & Bar
Composta de tijolos aparentes, jardim vertical e uma vista para a cidade, a casa recebe os clientes ao som de jazz e blues. No menu estão relacionadas receitas como o risoto tailandês, que leva camarão ao molho curry e ervas e vem servido num abacaxi (R$ 89,00), e o filetto ao funghi, no qual o filé-mignon é regado a molho funghi com conhaque e ervas finas e chega escoltado por risoto de grana padano (R$ 79,00). Para encerrar, a sobremesa grand gâteau de doce de leite com ganache de chocolate, calda de frutas vermelhas e farofa de amêndoas é reforçada com um picolé de chocolate (R$ 38,00). Na adega ficam mais de cinquenta rótulos de vinho, com preços que variam de R$ 89,00 a
R$ 2 900,00. Avenida 136, 797, Edifício New York, mezanino 2, Setor Marista, (62) 3642-4962 (180 lugares). 12h/15h e 19h30/0h (sáb. e dom. 12h/16h e 19h30/1h; fecha seg.). Aberto em 2015. $$

Tribo Restaurante
Reduto de cozinha saudável, o restaurante tem como carro-chefe a salada especial, na qual alface e rúcula são misturadas a macarrão parafuso, frango, tomate-cereja e tomate seco, queijo de Minas, palmito, parmesão e tortilhas (R$ 46,40). Inaugurado como casa de açaí na década de 90, o endereço continua a oferecer a tigela tradicional da fruta batida com banana e incrementada com granola (R$ 13,10). Para beber, há sucos diferentões, como o de limão
com mel e agrião (R$ 9,95). Rua 36, 590, Setor Marista, (62) 3226-0100 (150 lugares). 11h/23h. Aberto em 1998. $$

 

VARIADOS/BUFÊ

Antônia Bistrô
O cliente pode encontrar pratos como o salmão ao molho de maracujá, a salada caprese e o risoto de filé-mignon e vinho tinto no bufê, que exibe também outros pratos frios, entradas e sobremesas. Pagam-se R$ 69,90 pelo quilo ou um valor por pessoa (R$ 36,00 para as mulheres e R$ 39,00 para os homens de segunda a sábado; aos domingos, os respectivos preços são elevados para R$ 39,00 e R$ 44,00). Para beber, há suco de abacaxi, maracujá e gengibre (R$ 11,90). Rua 1136, 42, Setor Marista, (62) 3924-7720 (100 lugares). 11h30/15h. Aberto em 2013. $ 

Casa Benedita
No menu estão listados pratos com jeitão saudável, como o filé de tilápia com vinagrete de banana e castanha-de-caju, o conchiglione com salmão assado ao molho de ervas, o frango defumado com páprica e o purê de banana-da-terra. Diariamente são dezesseis pratos quentes e outros doze tipos de salada. O quilo custa R$ 75,00 de terça a sexta e R$ 85,00 nos fins de semana e feriados. Para adoçar, a cheesecake de frutas vermelhas vem numa taça, em porção suficiente para duas pessoas (R$ 15,00). Rua S-2, 806, Setor Bela Vista, (62) 3924-7971 (150 lugares). 12h/14h30 (sáb. e dom. 12h30/15h). Aberto em 2014. $

Grego Restaurante
Cerca de 1 000 pessoas passam diariamente pela casa, que funciona no esquema self-service. São 120 pratos, com destaque para camarão ao vinho, bobó de camarão, bacalhoada, feijoada, pamonha e filé-mignon com ervas. Para a sobremesa, merengue, brigadeirão e musse de leite Ninho são os favoritos da clientela. De segunda a sexta, o valor do quilo é R$ 41,90; no fim de semana, o quilo sobe para R$ 51,90. Rua C-257, 172, Setor Nova Suíça, (62) 3259-4080. 11h/14h30 (sáb., dom. e fer. até 15h30). Aberto em 1991. $

Jota’s
Temático, o cardápio varia de acordo com o dia. São oferecidos menus árabe, japonês, brasileiro, português,  mexicano, light e outros. De segunda a sexta, o valor do quilo é R$ 51,90. Nos fins de semana, o preço aumenta para R$ 52,90. O local também serve café da manhã, ao preço fixo de R$ 11,99 de segunda a sexta e R$ 12,99 aos sábados, domingos e feriados. Pães, bolos, ovos mexidos, tapioca, omelete, mesa de frios, frutas e cereais são alguns dos itens que compõem o serviço. Rua 134, 155, salas 73 a 78, Setor Oeste, (62) 3215-5550 (220 lugares). 6h30/10h e 11h/14h30 (sáb., dom. e feriados café da manhã até 10h30 e almoço até 15h15). Aberto em 1987. $

Panela Mágica
O endereço já levou um troféu de VEJA COMER & BEBER, na categoria melhor bufê. Decorado com obras de artistas locais, o restaurante une os conceitos da cozinha saudável, contemporânea e mediterrânea. Durante o almoço, a refeição contempla três sugestões de carne, além de massas e saladas variadas, feitas com muitos ingredientes orgânicos e expostas com capricho. O valor de R$ 70,00 por pessoa inclui sobremesas, como doces regionais e torta integral de maçã. Aos sábados, o destaque é a feijoada. Em 2015, foi aberta uma unidade na Rua 13, onde também é servido café da manhã à la carte, com tapioca, pão sem glúten, ovo caipira, queijos e quitandas. No
espaço também são servidos pratos montados veganos e vegetarianos (R$ 45,00, com sobremesa). Rua 137, 120, Setor Marista, (62) 3945-4138 (77 lugares). 12h/15h (sáb. e dom. até 16h). Rua 13, 773, Setor Marista, (62) 3223-6604 (75 lugares). 7h/11h e 12h/15h (sáb. e dom. 8h/11 e 12h/16h). Aberto em 1977. $$

Rosas Cozinha e Sentimento
Risoto de gorgonzola com banana-da-terra, bacalhau em natas, moqueca, estrogonofe de filé-mignon são algumas das 65 receitas servidas diariamente, no esquema self-service. O quilo custa R$ 54,90 durante a semana e R$ 74,90 aos sábados. Os sucos naturais, sem adição de açúcar nem conservantes, são engarrafados no local, de acordo com a escolha do cliente (R$ 6,90 a garrafa com 350 mililitros). Além dos doces regionais, como o de figo e o de leite, há o pudim de rosas como sobremesa. Rua 2, 488, Setor Oeste, (62) 3223-5676 (150 lugares). 11h30/14h30 (sáb. até 15h; fecha dom.). Aberto em 2014. $

 

ALEMÃES

Chef Knut
À frente da casa, o alemão Knut Ratschiller passa para a filha mais nova as receitas da família. Pratos como a polenta alemã gratinada com queijo alpino (R$ 34,50, para duas pessoas) abrem caminho para o wiener schnitzel, bife de pernil empanado guarnecido de salada de batata e musse de maçã (R$ 85,00, para duas pessoas). O chope de 300 mililitros da Wieninger sai por R$ 25,00 e a garrafa de kellerbier, uma cerveja envelhecida da mesma marca, por R$ 38,50. Rua 139, 377, Setor Marista, (62) 3941-4468 (80 lugares) 18h/23h (sáb. a partir das 11h; dom. 11h/17h; fecha seg. a qua.). Aberto em 2009. $$

Continua após a publicidade

Natur Bier
Além de provar as cervejas próprias da casa, é possível visitar a cervejaria e conhecer a produção. A tulipa de chope de 300 mililitros sai por R$ 6,00. Já a caneca (R$ 8,00, 500 mililitros) é perfeita para acompanhar petiscos ou pratos, como as salsichas artesanais, feitas ali mesmo. Elas integram o rodízio de aperitivos (R$ 32,00), que é oferecido nas noites de quarta a quinta-feira. Destaque do cardápio, o joelho de porco pode vir defumado, escoltado
por macarrão com molho de tomate, feijão-tropeiro, farofa, fritas em cubinhos, chucrute e vinagrete (R$ 87,00, para três pessoas). Avenida C-205, 413, Jardim América, (62) 3285-7541 (160 lugares). 15h30/0h (sex. e sáb. 16h/0h30, dom. 11h/16h, fecha seg.). Aberto em 1999. $

 

ÁRABES

Árabe
No restaurante decorado com artefatos do Oriente Médio, 22 pratos são oferecidos em rodízio (R$ 84,90), entre eles arroz de carneiro, picanha de cordeiro e o michuí, contrafilé assado à moda árabe. Opção mais barata, o festival (R$ 49,90) tem menos carnes, mas entre os vinte pratos constam filé de frango ao molho de damasco, quibe cru e arroz com lentilha. Para os mais comedidos, há sugestões à la carte, como a cafta com três acompanhamentos (R$ 39,90). Avenida 83, 205, Setor Sul, (62) 3218-5935 (100 lugares). 8h/23h (dom. até 18h). Aberto em 1964. Aqui tem iFood. $$

Salim Muxiba
Com a ajuda do marido e sócio Alfredo Bufaiçal, Marlene comanda a cozinha com receitas que aprendeu com a sogra, de origem libanesa. No bufê (R$ 54,90 o quilo), o cliente encontra babaganuche, quibe cru, homus e outros clássicos árabes. A porção de queijo com especiarias temperado com azeite, tomate, cebola e cheiro-verde sai por
39,90 cada 400 gramas. O arroz com carneiro e castanha acompanhado de vinagrete e coroado pela cebola frita custa R$ 58,90 e serve até quatro pessoas. Há também opções sem traços árabes, como a picanha assada ladeada por arroz, feijão-tropeiro e vinagrete (R$ 81,90 cada 500 gramas). Rua T-32, 275, Setor Bueno, (62) 3251-0851 (110 lugares). 17h30/0h (sáb. 12h/0h; fecha dom.). Aberto em 1987. $

Toshca Arabian
Fundada pelo sírio Jack Korkis, a rede trabalha com produtos árabes de diversos países. O quibe assado na grelha chega à mesa acompanhado de coalhada seca e tabule (R$ 29,90). No bufê do almoço (R$ 49,50 o quilo), mais de cinquenta receitas ficam expostas no balcão, entre elas carne de carneiro grelhada, fatuche e patês. O pão sírio, de fabricação própria, é cortesia. Nele é feito o sanduíche toshca, com variada possibilidade de recheios. O de cordeiro desfiado com queijo é vendido a R$ 24,90. Avenida T-5, 695, Setor Bueno, (62) 3259-0138 (130 lugares). 8h/23h (dom. até 16h). Mais dois endereços. Aberto em 2000. Aqui tem iFood. $

 

CHINÊS

Restaurante China
Conhecido pelo cardápio tradicional de pratos chineses, o restaurante oferece aos clientes o frango xadrez com pimentão e cebola (R$ 26,40), o yakissoba (R$ 24,00) e porções de frango empanado e frito (R$ 26,40). O rolinho primavera tem recheio de legumes e carne e pode abrir a refeição (R$ 16,00). Preparado numa versão cremosa, o arroz chop suey (R$ 13,00) mistura cenoura, ovo, ervilha e presunto. Avenida T4, 199, Setor Bueno, (62) 3241-6210
(150 lugares). 11h/14h30 e 18h30/23h (sáb., dom. e fer. almoço até 15h). Aberto em 1976. Aqui tem iFood. $

 

FRANCESES

L’entrecôte de Paris
Sucesso no restaurante e nas postagens do Instagram, o brie de paris, um queijo brie aquecido com amêndoas laminadas e regado a mel ou geleia é uma das sugestões de entrada (R$ 41,00). No capítulo dos principais, há apenas uma sugestão: trata-se do noix d’entrecôte, um corte do contrafilé coberto com molho da casa e servido com batata frita reposta à vontade (R$ 49,00). Para a sobremesa, o destaque é a chamada surprise, uma esfera de chocolate belga recheada com sorvete e amêndoas e finalizada com calda quente de Nutella. Por R$ 54,00, um bufê de almoço alinha salada, prato principal e uma sobremesa. Shopping Flamboyant. (62) 3091-2406. 89 lugares. 12h/23h. Aberto em 2016.

L’Etoile D’Argent Restaurante
O ambiente classudo, com lustres de cristal, recebe os clientes que buscam clássicos da culinária francesa. Um deles é o tartar de filé-mignon servido com salada e torradas de pão ciabatta, que cumpre bem o papel de entrada (R$ 49,00). Na sequência, o prato tagliatelli al grana padano é finalizado à mesa e traz a massa valorizada por fondue de queijo grana padano (R$ 65,00). A casa possui uma adega com 75 rótulos de vinho. Rua 1136, 446, Setor Marista, (62) 3924-2626 (120 lugares). 12h/14h30 e 19h/0h (dom. almoço até 15h30). Aberto em 1999. $$

Petit Bistrô
Rebatizado, o antigo Empório Danilo Perillo funciona numa casa decorada no estilo art déco. O local trabalha exclusivamente com menu fechado (R$ 85,90 por pessoa) de três etapas, no qual são servidos pratos de acento francês. Podem aparecer, por exemplo, confit de pato, carne cozida ao molho de Dijon, musseline de maçã, batatas
salteadas e filé-mignon com redução de cassis e tomate confit. Para adoçar, sugestões francesas, caso do crepe suzette, fazem sucesso. Na seleção etílica constam vinhos como o italiano Principe Dei Conti (R$ 70,00). Rua 21, 485, Centro, (62) 3223-6330 (30 lugares). 20h/23h (fecha dom. a qua.). Aberto em 2016. $$

 

NATURAL

Slim Gastronomia Saudável
A casa privilegia receitas naturais, feitas com ingredientes saudáveis. Uma delas é o pirarucu grelhado com limão-siciliano, que vem à mesa acompanhado de tartar de abacate com ervas (R$ 37,00). Alternativa, o salmão grelhado e escoltado por arroz cremoso com brócolis custa R$ 48,00. Para fugir dos pescados, o lombo suíno com pesto de tomate guarnecido por arroz de couve-flor e abacaxi grelhado é a sugestão (R$ 29,00). As sobremesas seguem a mesma linha: a musse de chocolate vegano é reforçada com morango e farofa de castanha-de-caju (R$ 18,00). Para beber, há suco de coco (R$ 16,00). Avenida República do Líbano, 2360, Setor Oeste, (62) 3095-2220 (55 lugares). 11h30/21h45. Aberto em 2016. Aqui tem iFood. $

 

PERUANO

Dom Ralf
Há quatro anos o peruano Ralf Suares serve pratos típicos de seu país de origem ao lado da esposa, Maria Cristina Nasciutti. Para preparar as receitas, ele compra os pescados e frutos do mar de fornecedores do Rio de Janeiro e outros locais. Há grande variedade de ceviches, como o de camarão (R$ 48,00) e o de frutos do mar, com lula, polvo, camarão, mexilhão e robalo (R$ 44,00). Além da receita fria, há o lomo saltado, que reúne filé-mignon, cebolas, tomates e batata frita com guarnição de arroz (R$ 94,00, para duas pessoas) e o robalo do dom, no qual o peixe é grelhado com molho de camarão e escoltado por arroz (R$ 130,00, para três pessoas). Para finalizar, o petit gâteau de doce de leite é assado na hora e custa R$ 20,00. Drinque original do Peru, o pisco sour leva pisco, limão, açúcar e clara de ovo (R$ 25,00). Alameda Couto Magalhães, 684, Bela Vista, (62) 3255-6185 (80 lugares). 12h/0h (seg. só almoço 12h/15h; dom. só almoço 12h/16h). Aberto em 2013. $$

 

PORTUGUESES

Obelisque Bar e Restaurante
Os pratos mais conhecidos da culinária portuguesa são as especialidades da casa. O bolinho de bacalhau abre o apetite (R$ 38,00, dez unidades) e pode anteceder o bacalhau à lusa, no qual o pescado é cozido com batata e cebola, gratinado com azeite e servido com arroz (R$ 149,00, para duas pessoas). O peixe também pode ser feito na grelha
com alho. Nessa versão, ele vem servido com arroz e batata (R$ 149,00, para duas pessoas). Creme de ovos, açúcar e massa folhada compõem a receita do pastel de nata, uma das sugestões de sobremesa (R$ 6,00 a unidade). Numa adega ficam 300 rótulos de vinho, entre etiquetas nacionais e internacionais. Rua 245, 344, Setor Coimbra, (62) 3291-5051 (180 lugares). 17h/0h (sáb. 11h/0h; dom. 11h/16h30; fecha seg.). Aberto em 1994. $$

Porto Cave
Liderada pela chef Maria Edvânia Nogueira, a equipe da cozinha despacha receitas clássicas da culinária lusitana para o salão. Destaque de boa parte dos pratos, o bacalhau aparece nas versões à zé do pipo e assado e servido com batatas ao murro (R$ 174,00 cada um, para duas pessoas). Antes do arroz de pato (R$ 169,00, para dois), é possível pedir as sardinhas assadas com pimentão (R$ 19,00), que voltaram ao menu recentemente. No arremate, há docinhos como o pastel de nata (R$ 7,50 a unidade) e a pêra bêbada, que traz a fruta cozida no vinho do Porto (R$ 18,90). Na adega predominam rótulos portugueses, como o branco Arrepiado Velho, feito com a uva riesling (R$ 80,00, safra de 2014). Rua 28, 210, Setor Marista, (62) 3278-2670 (80 lugares). 11h30/15h e 18h30/23h (dom. só almoço 12h/16h30; fecha seg.). Aberto em 2003. $$

Continua após a publicidade
Publicidade