Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Obra de Banksy se autodestrói após ser arrematada por mais de R$ 5 milhões

Artista instalou um triturador de papel na moldura da peça, caso ela fosse leiloada

Por EFE 6 out 2018, 16h58

Uma famosa obra do artista britânico Banksy, cuja verdadeira identidade é desconhecida, se desfez após ser leiloada por 1,04 milhão de libras esterlinas (aproximadamente R$ 5,2 milhões) na casa de leilões Sotheby’s em Londres, no Reino Unido.

O próprio artista divulgou nas últimas horas uma fotografia na rede social Instagram do momento em que a obra Girl With Balloon (Garota com Balão) se fez em pedaços ao passar por um triturador de papel instalado secretamente pelo artista na parte inferior da moldura.

“Going, going, gone!”, escreveu Banksy como legenda para a imagem, em referência às palavras em inglês que o leiloeiro pronuncia quando um comprador arremata uma peça em uma sessão, que em português seria equivalente a “dou-lhe uma, dou-lhe duas, dou-lhe três”.

“Parece que acabamos de ser ‘Banksyficados'”, admitiu o diretor de arte contemporânea da Sotheby’s, Alex Branczik, após a sessão, conforme é possível ouvir nos vídeos divulgados através das redes sociais, que também mostram a reação de surpresa dos presentes.

View this post on Instagram

. "The urge to destroy is also a creative urge" – Picasso

A post shared by Banksy (@banksy) on

A Sotheby’s afirmou em uma nota que “o fato inesperado se transformou instantaneamente em história mundial da arte e representa certamente a primeira vez na história de um leilão em que uma obra se desfaz automaticamente” após ser arrematada.

Continua após a publicidade

O jornal londrino Evening Standard informou que o comprador da obra, que não foi identificado, ficou “muito surpreso” com o ocorrido, segundo fontes da Sotheby’s, e afirmou que todos estão avaliando o que será feito agora.

“Serei sincero, jamais vivemos antes uma situação dessas, na qual uma pintura se desfez espontaneamente após alcançar um recorde para o artista”, declarou Branczik ao jornal.

“Estamos tentando decidir o mais rápido possível o que isso significa no contexto dos leilões”, acrescentou o diretor de arte contemporânea da casa de leilões.

O valor pelo qual a obra foi arrematada na sexta-feira representou um recorde em libras esterlinas para uma peça de Banksy, superando sua melhor marca nesta divisa, que foi conseguida em 2008.

A obra ‘Girl With Balloon’, do artista Banksy Sotheby's/Divulgação

O quadro, datado de 2006, retratava uma menina tentando alcançar um balão em forma de coração e era uma versão em tela de um desenho que apareceu primeiro como um grafite em uma rua no leste de Londres e que, em 2017, foi escolhida como a obra favorita do Reino Unido.

Original da cidade inglesa de Bristol, Banksy ficou famoso por seus grafites subversivos que apareceram em diversas partes do mundo, de Londres à Palestina, e transformaram em um artista de renome mundial.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)