Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bons locais para beber chope e cerveja na cidade

HoP'n Roll se sagrou campeão na categoria carta de cervejas do guia VEJA COMER & BEBER CURITIBA 2018/2019

Por Josi Basso, Larissa Angeli, Letícia Cardoso, Mara Andrich, Rosane Freire e Rosângela Machado 4 set 2018, 15h31

+ CAMPEÃO: HoP’n Roll Brewpub tem a melhor carta de cervejas de Curitiba

Barbarium Pub

Dezoito torneiras de chope derramam nos copos, entre outros, o Pilz My Balls, da Swamp (R$ 15,00), e o IPA Hector Five Rounds, da cervejaria Bastards (R$ 16,00). O bar também investe bastante energia na cozinha, de onde sai o pão francês com bife de chorizo, creme de alho, queijo prato e molho chimichurri (R$ 19,00). No Alto da XV, os proprietários abriram o Barbarium Pocket, de perfil semelhante, só que menor e com cardápio mais enxuto. Rua Chile, 1765, Rebouças, ☎ 3408-5216 (190 lugares). 18h/1h (fecha dom. e seg.). Rua Itupava, 1299, Alto da XV. Não tem telefone (20 lugares). 18h/0h (sex. e sáb. até 2h; fecha seg.). Aberto em 2012.

Bar Brahma

O chope da casa não para de circular. É vendido por R$ 9,90 (pilsen) e R$ 12,90 (escuro), em copos de 350 mililitros. Misturado com suco de limão e sal, o pilsen dá origem ao coquetel Bar Brahma (R$ 11,90). Aos sábados e domingos, no almoço, a alcatra angus para três pessoas custa R$ 149,90. Vem com salada, maionese, farofa, arroz e pão. Avenida Getúlio Vargas, 234, Rebouças, ☎ 3026-0700 (190 lugares). 17h/0h (sáb. 12h/2h; dom. 12h/15h.). Aberto em 1999.

Bier Hoff Microcervejaria

Entre os 23 rótulos disponíveis, boa parte do público escolhe as artesanais da casa. Uma delas é a Jerimoon Pumpkin Ale (R$ 16,90 a garrafa de 355 mililitros). Na versão English IPA, a Bier Hoff custa R$ 23,90 (500 mililitros). As duas saem também como chope para copos de 300 mililitros ao custo de R$ 11,90 cada um. A costelinha suína ao molho barbecue (R$ 75,00) alimenta dois paladares. Tem música ao vivo a partir das 19h. Avenida Sete de Setembro, 2775, Rebouças (Shopping Estação), ☎ 3019-9010. 11h3/23h (dom. 11h/22h). Mais dois endereços. Aberto em 2002.

Cervejaria da Vila

A oferta de chope e cerveja está concentrada em catorze torneiras e vinte rótulos. Duas pessoas podem dividir os cubos de alcatra ao molho de cerveja stout e fatias de pão (R$ 29,00). Para beber, pagam­se R$ 8,00 ou R$ 14,00 pelo chope Xamã, de estilo Weiss, em copos de 300 ou 500 mililitros. Rua Mateus Leme, 2631, Bom Retiro, ☎ 3079-0041 (74 lugares). 17h/1h (fecha dom.). Aberto em 2004. Aqui tem iFood.

Clube do Malte

As cervejas jorram de 25 torneiras ou são despejadas das garrafas e latas oferecidas em 250 rótulos. Para o copo, podem ser apontados os bicos do chope IPA Brewdog Punk (R$ 14,90) e do Chicago Blues Smoked Porter (R$ 9,90). Garrafas de 355 mililitros da americana Anchor Steam Beer (R$ 18,90) podem seguir ao lado de porções de bolinho de feijoada (R$ 23,90, sete unidades). Rua Rocha Pombo, 265, Juvevê, ☎ 3598-9313 (88 lugares). 10h30/23h30 (fecha dom.). Aberto em 2010. Aqui tem iFood.

CWBest Beer

Tem comida de boteco, cerveja de garrafa (a Devassa Puro Malte custa R$ 12,00) e quatro bicos de chope artesanal — de um deles sai a Belgian IPA da OL Bier, a R$ 14,00 (300 mililitros) ou R$ 18,00 (600 mililitros), que vai bem ao lado do hambúrguer de costela no pão d’água com cheddar e cebola caramelizada (R$ 22,90). No almoço, monta bufê por quilo (R$ 19,90). Rua Mateus Leme, 2869, Bom Retiro, ☎ 99820-4455 (130 lugares). 11h30/15h e 18h/0h (sex. e sáb. até 1h; fecha dom.). Aberto em 2016. Aqui tem iFood.

Continua após a publicidade

Maniacs Brewing Co.

Através das paredes de vidro dá para ver o trabalho dos cervejeiros. São vinte torneiras, a maioria abastecida com bebidas da casa. Responde por 40% das vendas a Maniacs IPA (R$ 15,00, 473 mililitros). É possível ainda fazer um tour pela fábrica, com direito a um copo de vidro e chope à escolha (R$ 20,00 por pessoa). No caso de bater a fome, o steak do cervejeiro (R$ 57,00) é um short rib de black angus servido na pedra com legumes. Avenida Munhoz da Rocha, 1049, Cabral, ☎ 3084-9730 (70 lugares). 17h/23h (sáb. 11h/23h; dom. 11h/20h). Aberto em 2017. Aqui tem iFood.

Mercado da Cerveja

A demanda fez surgir da loja original um lugar maior e com cardápio de comidas. Hoje são cerca de 200 opções de cerveja, 80% nacionais e 20% importadas, entre elas a Fuller’s Vintage Ale (R$ 140,00, meio litro) e a Mikkeller French Oak Series (R$ 160,00, 375 mililitros). Das nacionais, a Lógica Absurda, da Tupiniquim, custa R$ 24,00. A porção de dez rolinhos primavera recheados de porco, ao molho barbecue picante, ajuda a manter o equilíbrio (R$ 34,00). Rua Marquês do Paraná, 484, Água Verde, ☎ 33879888 (60 lugares). 17h/23h (qui. e sex. até 1h; sáb. 11h/1h; dom. 16h/22h; fecha seg.). Aberto em 2014.

Mestre-Cervejeiro.com

Este mix de loja e bar apresenta mais de 200 rótulos de cerveja de dez países. As bebidas podem ser consumidas na hora ou levadas para casa. Embora não tenha cardápio de comidas, ao entardecer os primeiros food trucks começam a estacionar — aos sábados e domingos, eles chegam mais cedo e dá para almoçar por ali. Além das garrafas, há cinco torneiras de chope, de onde jorram doses de 300 mililitros de american IPA (R$ 17,00) e pilsen (R$ 11,00) da Guarnieri, entre outras marcas. Rua Deputado Heitor Alencar Furtado, 1623, Mossunguê, ☎ 3072-6921 (40 lugares). 12h/22h (sáb. a partir das 10h; dom. 10h/18h; fecha seg.). Aberto em 2014.

Schwarzwald — Bar do Alemão

Neste tradicional endereço no Largo da Ordem, é sempre escolhido o submarino: uma canequinha de Steinhaeger mergulhada em um caneco com 500 mililitros de chope (R$ 18,30). Da carta de cervejas especiais, a Klein Bier Weiss sai por R$ 21,00. O aperitivo alemão satisfaz tranquilamente o apetite de quatro pessoas. Ele contém salsicha alemã (bockwurst e bratwurst), broa com patê de linguiça blumenau, carne de onça — uma das melhores da cidade — e eisbein desfiado (R$ 65,00). Rua Dr. Claudino dos Santos, 63, São Francisco, ☎ 3223-2585 (800 lugares). 11h/2h. Aberto em 1979.

Templo da Cerveja

Os barris servem de banco improvisado para quem for beber um dos doze tipos de chope e comer um lanche. O lager sem glúten Lake Side Beer (R$ 14,90, 440 mililitros) vai bem ao lado de um dog alemão montado com salsicha tipo viena, chucrute artesanal, mostarda e ketchup com páprica (R$ 10,00). Rua Coronel Dulcídio, 775, Batel, ☎ 3532-9155 (50 lugares). Horário 16h/2h (dom. a qui. até 24h). Aberto em 2009.

Tiwanaku

Nesse bar, que tem uma pegada andina na cozinha, há doze torneiras de chope e o que preenche os copos muda semanalmente. Podem surgir, entre outros, a Mimosa Mecânica, da Idolatria (R$ 14,90, 420 mililitros), e a IPA Montfort Rye, da Bodebrown (R$ 19,90, 500 mililitros). Apreciadores de rum pagam R$ 26,90 por uma degustação de seis doses. Entre um copo e outro, a cozinha manda ceviche (R$ 35,00), cachapa, uma espécie de panqueca de milho (R$ 22,90), e combo litoral — um hambúrguer ao molho de barreado e banana com pimenta, mais batata rústica (R$ 25,50). Rua Camões, 172, Alto da XV, ☎ 3018-3519 (60 lugares). 17h30/23h (sex. até 23h30; sáb. e dom. 16h/23h30). Aberto em 2015.

We Are Bastards Pub

Mesas compartilhadas, fliperama e cesta de basket pong promovem a interação. Dos 32 bicos de chope de várias cervejarias, os que mais saem são os da própria Bastards. A lager Zé do Morro e a witbier Jean Le Blanc custam R$ 15,00 cada uma (470 mililitros). No cardápio, reluzem as sugestões à base de porco. A porção pork’n chips entrega tiras de lombo na cerveja com batatas rústicas e maionese de bacon (R$ 33,00, duas pessoas). Para mudar da cerveja para o drinque, mas não muito, o bastards buck é uma mistura de vodca, limão, maracujá, cerveja e espuma de gengibre, pólen e malte. Avenida Iguaçu, 2300, Água Verde, ☎ 3343-0113 (330 lugares). 18h/0h (sex. até 1h; sáb. das 16h/1h; fecha dom. e seg.). Aberto em 2017.

+ Confira os endereços gastronômicos premiados de Curitiba
Continua após a publicidade
Publicidade