Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Festival americano Coachella é adiado por coronavírus

Anitta e Pabllo Vittar estavam na programação do evento realizado na Califórnia

Por AFP Atualizado em 10 mar 2020, 22h51 - Publicado em 10 mar 2020, 22h34

Os organizadores reprogramaram nesta terça-feira 10 o famoso festival musical de Coachella, celebrado na Califórnia, para outubro devido às preocupações com o novo coronavírus, seguindo o conselho das autoridades sanitárias locais.

“Embora esta decisão chegue em um momento de incerteza universal, levamos muito a sério a segurança e a saúde dos nossos convidados, do pessoal e da comunidade”, disse em um comunicado Goldenvoice, a companhia que organiza o evento.

O festival, que se realiza na cidade de Indio e dura dois fins de semana, estava marcado inicialmente para abril, mas agora será realizado nos fins de semana de 9 a 16 de outubro. Estavam na programação inicial as brasileiras Anitta e Pabllo Vittar, além de Lana Del Rey, Travis Scott, Frank Ocean e Rage Against the Machine.

O Goldenvoice também adiou o evento de música country Stagecoach para 23 e 25 de outubro, que assim como o Coachella se celebra normalmente em abril, no mesmo local.

Os ingressos comprados serão válidos em outubro e os que não puderem assistir poderão obter reembolso, segundo os organizadores.

O anúncio ocorre depois da decisão das autoridades de Miami de cancelar o festival de música eletrônica Ultra e de a mesma medida ser tomada por Austin, Texas, de suspender o evento tecnológico e cultural South by Southwest, com dez dias de duração.

O número de casos nos Estados Unidos do novo coronavírus aumentou para mais de 900 e 28 mortos na terça, enquanto especialistas em saúde pública criticavam o governo por minimizar a epidemia e atrasar a entrega de testes.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade