Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Fãs de Batman choram a morte de mais um Robin

Por Da Redação 26 fev 2013, 19h13

Os fãs de Batman vão chorar mais uma morte nos gibis — recurso que vem sendo usado à exaustão por editoras como a DC Comics para aumentar as vendas das revistas de super-heróis. Quem se despede agora, no entanto, não é o morcegão, mas seu filho, Damian Wayne. O garoto de 10 anos é fruto do affaire do ricaço Bruce Wayne com a vilã Talia al Ghul, filha de um dos principais rivais do atormentado herói de Gotham City, Al Ghul.

A morte de Damian, que se tornou o quinto Robin de Batman, será contada na próxima edição da Batman Incorporated, que chega ao mercado americano nesta quarta-feira. Damian Wayne não é o primeiro Robin a morrer. Jason Todd foi morto pelo Coringa, e depois ressuscitou — coisa de novela, mas também de gibi — em 2005.

LEIA TAMBÉM:

LEIA TAMBÉM: Roteirista de HQ tira Batman do armário: ‘Ele é gay’

ENQUETE: É importante um super-herói ser heterossexual?

“Salva o mundo. Faz o seu trabalho como Robin e morre como herói absoluto”, disse o autor dos quadrinhos, Grant Morrison, em entrevista para o New York Post. Perguntado sobre a substituição de Robin, o escritor disse que “nunca se pode dizer nunca” no mundo dos quadrinhos. “Enfim, Batman terá sempre um parceiro.”

Continua após a publicidade

Publicidade