Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Em novo livro, Merval Pereira expõe peso das palavras na política

Nos 144 artigos reunidos em 'Desafios da Democracia', os últimos dezessete anos da vida política brasileira são expostos a conta-gotas

Por Vinicius Müller Atualizado em 15 out 2021, 15h27 - Publicado em 17 out 2021, 08h00

A última frase de Desafios da Democracia, o novo livro de Merval Pereira, é reveladora de todo o percurso que o experiente jornalista de O Globo e membro da Academia Brasileira de Letras traça nas quase 450 páginas anteriores: “E a mania de falar palavrão pode significar apenas que é uma pessoa mal-educada”. A pessoa em questão é o presidente da República. Mas, mesmo que não soubéssemos, continuaria sendo a síntese do trabalho do autor em cinquenta anos de carreira: a palavra é a fonte de quem se dedica à defesa de uma imprensa democrática. E nunca pode ser vilipendiada, sob o risco de expor a falta de educação de quem a professa.

Desafios da Democracia

Nos 144 artigos reunidos no livro, o imortal ocupante da cadeira que foi de Moacyr Scliar expõe a conta-gotas os últimos dezessete anos da vida política brasileira, sem se arvorar no papel ocupado pelos moralistas. Merval e suas palavras não precisam ter razão, pois revelam em textos curtos e no calor dos acontecimentos as vozes dos agentes da história. Sejam eles os homens e mulheres, sejam agrupamentos sociais — ou mesmo ideias. Essa sutileza revela-se na insistência em usar palavras de outros intelectuais para dar vida a seus argumentos. Como se reconhecesse que as suas próprias não seriam tão esclarecedoras quanto aquelas aprendidas com outras pessoas. É marcante a intimidade que ele revela ter com ideias e livros dos mais variados. Assim, salta aos olhos a naturalidade com a qual retrata a opinião do historiador Kenneth Maxwell sobre a Rússia de Vladimir Putin ou como enxerga a utilidade da obra do economista chileno Carlos Matus (1931-1998) para entender o Brasil dos anos Lula.

O lulismo no poder

DESAFIOS DA DEMOCRACIA, de Merval Pereira (Topbooks; 450 páginas; 83,90 reais) -
DESAFIOS DA DEMOCRACIA, de Merval Pereira (Topbooks; 450 páginas; 83,90 reais) – ./.
Continua após a publicidade

O formato do livro, que apresenta os textos em ordem cronológica e não agrupados por temas, torna mais difícil identificar o fio condutor de suas ideias. Mas algumas pistas são instigantes. Há inúmeras citações ao historiador José Murilo de Carvalho, dono de uma consistente obra sobre a trajetória política do país. Assim, identifica o mesmo teatro de sombras que Carvalho define como palco da política nacional. E sabiamente mostra que o mau uso das palavras e de seus significados — como a imprudente acusação de que Fernando Henrique Cardoso legou uma “herança maldita”, que o chavismo venezuelano era “democrático” ou que as propostas de resolução das distorções do Estado brasileiro são sempre “neoliberais” — é, na verdade, parte do veneno que adoece a democracia. Em um dos artigos, cujo título não por coincidência é “Palavras”, Merval discute como elas são distorcidas na política brasileira: “Geralmente tudo o que se diz pode significar o contrário”.

Mensalão

A essa contundente conclusão, Merval soma uma sutil provocação aos operadores do marketing político que contribuem para o enfraquecimento da democracia, comparando o publicitário João Santana ao marqueteiro político americano Lee Atwater em um texto de título sugestivo, “João ‘Bicho-­Papão’ Santana”. E segue com elegantes críticas à imprensa, aos efeitos deletérios da tecnologia e à contribuição do nosso triste atraso educacional para a manutenção do pior tipo de populismo assistencialista. Esse quebra-­cabeça oferecido por Merval Pereira só se revela quando todas as peças estão encaixadas. E o recado é que o desprezo, o mau uso e as distorções provocadas pelas palavras erradas contribuem para a corrosão da democracia, iluminando como a Nova República chegou à encruzilhada que enfrenta hoje. Em suma, é a linguagem da democracia que está sob ameaça.

Publicado em VEJA de 20 de outubro de 2021, edição nº 2760

CLIQUE NAS IMAGENS ABAIXO PARA COMPRAR

Desafios da Democracia
Desafios da Democracia
O lulismo no poder
O lulismo no poder
Mensalão
Mensalão

*A Editora Abril tem uma parceria com a Amazon, em que recebe uma porcentagem das vendas feitas por meio de seus sites. Isso não altera, de forma alguma, a avaliação realizada pela VEJA sobre os produtos ou serviços em questão, os quais os preços e estoque referem-se ao momento da publicação deste conteúdo.

Continua após a publicidade

Publicidade