Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

De ‘Euphoria’ e ‘The White Lotus’, atriz brilha em papéis complexos

Talento em ascensão na TV e no cinema, Sydney Sweeney divide a rotina de devoção às suas personagens com o hobby de reparar carros vintage

Por Gabriela Caputo Atualizado em 27 jan 2022, 17h32 - Publicado em 26 jan 2022, 15h14

Sydney Sweeney tinha 12 anos de idade quando montou e apresentou para os pais um plano de negócios de cinco anos. O objetivo era mostrar como poderia ser seu futuro se conseguisse fazer um teste para um filme independente. Ser atriz parecia um conto de fadas distante para a jovem nascida em Spokane, Washington. Parte de uma família que valorizava os estudos em primeiro lugar, Sydney sabia que, para ser levada a sério pelos adultos, precisava ter seu projeto de carreira dos sonhos bem estruturado. A jovem não só conseguiu a permissão para o teste, como também foi escolhida para seu primeiro papel e, um pouco mais tarde, se mudou com a família para Los Angeles em busca de mais oportunidades. Hoje, aos 24 anos, Sydney acumula trabalhos de sucesso em seu currículo, principalmente na televisão, com destaque para o fenômeno adolescente Euphoria, da HBO, na qual interpreta Cassie Howard, e The White Lotus, também da HBO, na pele da mimada Olivia. Ambos os papéis são escolhas pouco óbvias para uma atriz que se encaixa perfeitamente no estereótipo favorito de Hollywood, ambiente repleto do tipo “loira bonitinha”. A moça, porém, passa muito longe de ser só isso. 

Sydney Sweeney como Cassie Howard
Sydney Sweeney como Cassie Howard Eddy Chen/HBO/Divulgação

Em Euphoria, que recentemente lançou sua segunda temporada com recorde de audiência, Sydney vive Cassie, atualmente em um triângulo romântico com o vilão da trama e sua melhor amiga. Em uma cena recente e notável, a garota explode em prantos e diz que nunca foi tão feliz na vida — imagem que viralizou nas redes entre os famigerados memes. Sydney consegue, com a ajuda do roteiro primoroso, transformar a adolescente bonita e popular do colégio em uma personagem dramática e com muitas camadas, provocadas pelo abandono paterno, pelos casos de drogas e depressão na família, e a constante ideia de que ela não tem nada a oferecer ao mundo além da beleza, ou seja, o próprio corpo — o que a leva a um abismo de relacionamentos abusivos.

Antes de emplacar um lugar cativo na série estrelada por Zendaya, Sydney percorreu um caminho admirável, de pequenos papéis em séries de TV, entre elas Grey’s Anatomy, até uma participação breve, mas forte, em Sharp Objects, ao lado de Amy Adams, chegando ao set de Quentin Tarantino em Era Uma Vez em… Hollywood, com as estrelas Brad Pitt, Leonardo DiCaprio e Margot Robbie. Para a atriz, trabalhar ao lado desses “gênios” foi melhor que qualquer aula de atuação. “Eu absorvo cada segundo disso”, disse. 

Tamanha dedicação levou a moça a um de seus papéis mais marcantes e elogiados, na minissérie The White Lotus. Interpretando a ricaça mimada e ardilosa Olivia Mossbacher, Sweeney foi notada pela crítica — e apontada pelo The New York Times como a “garota mais assustadora da TV”. Coincidentemente, ela também usa o medo, mas por outro viés, como termômetro para a escolha de seus papéis. “Se eu leio o roteiro e tenho receios de que não vou conseguir, então esses são os papéis que eu costumo querer. Eu gosto de me desafiar”, revelou. 

Sydney Sweeney e Brittany O’Grady em 'The White Lotus'
Sydney Sweeney e Brittany O’Grady em ‘The White Lotus’ HBO/Divulgação
Continua após a publicidade

Determinada a contar mais histórias com personagens femininas fortes, a atriz anunciou em 2020 o lançamento de sua própria produtora, a Fifty-Fifty Films. No momento, seu primeiro projeto está em desenvolvimento. Trata-se de uma adaptação do livro They Wish They Were Us (clique para comprar), de Jessica Goodman, na série batizada de The Players Table. Nela, Sweeney vai atuar ao lado da cantora e compositora Halsey, numa história em que duas jovens desvendam o mistério do assassinato de uma colega.

Sydney Sweeney com Amy Adams, em 'Sharp Objects'
Com Amy Adams, em ‘Sharp Objects’ HBO/Divulgação

A preferência por figuras complexas vem acompanhada de preparações intensas. Por exemplo, Sydney tem o hábito de criar um diário para cada novo papel que interpreta. Com fotos, mapas e linhas do tempo, ela imagina quem é aquela personagem, desde o dia do nascimento até a primeira página do roteiro, como se fosse uma pessoa de verdade. Métodos mais práticos também aparecem em sua preparação. Quando mais nova, Sydney conseguiu um papel pequeno no filme The Ward, cuja personagem ficava trancada em um porão por um bom tempo. Antes do teste, Sydney convenceu os pais a trancarem ela no porão da casa, para que vivesse a experiência na pele. 

Paralelamente a todos esses trabalhos, a atriz ainda arranja espaço na rotina para outras paixões no mínimo curiosas. Sydney tem um perfil no TikTok chamado de Syd’s Garage” (garagem da Syd), que é dedicado inteiramente a seu hobby de restauração de carros vintage. A atriz vem compartilhando o processo de reforma de um Ford Bronco 1969, na cor cereja, o primeiro de sua coleção. A próxima aventura será com o mais novo adquirido Mustang 1966, azul claro, que apelidou de Britney. Recentemente, ela passou de 500.000 seguidores que acompanham este curioso talento. 

Nas horas vagas, Sydney se dedica aos carros vintage
Nas horas vagas, Sydney se dedica aos carros vintage Instagram/Reprodução

A lista de interesses da moça também envolve esportes. Sydney começou a treinar como lutadora de MMA aos 14 anos e, aos 18, participou de sua primeira competição, contra meninos, todos de uma categoria de peso acima dela, na qual conseguiu o primeiro lugar. Resiliência, foco e determinação são munições adquiridas por ela no esporte e agora aplicadas à carreira — assim, a concorrência vai parar na lona. 

*As vendas realizadas através dos links neste conteúdo podem render algum tipo de remuneração para a Editora Abril

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês