Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Campeã do Carnaval carioca será definida nesta quarta

Apuração começa às 16 horas. Doze escolas disputam o título. Portela e Unidos da Tijuca são favoritas

Por Da Redação 5 mar 2014, 08h24

A escola campeã do Carnaval do Rio de Janeiro será definida nesta quarta-feira. A apuração começa às 16 horas, na Marquês de Sapucaí. Doze agremiações disputam o título deste ano. Os quesitos avaliados pelos jurados foram dez: alegorias e adereços, fantasias, enredo, evolução, samba-enredo, comissão de frente, mestre-sala e porta-bandeira, harmonia, bateria e conjunto. A menor nota em cada um deles será descartada. Apenas uma escola será rebaixada ao final da apuração.

Grande Rio, Salgueiro, Beija-Flor, União da Ilha e Imperatriz Leopoldinense fizeram desfiles impactantes e se revezaram no posto de favoritas. Mas, no apagar das luzes, Portela e Unidos da Tijuca ultrapassaram as concorrentes na corrida pelo título do Grupo Especial. As duas agremiações foram as últimas a cruzar a Avenida no desfile de segunda-feira e presentearam quem se manteve nas arquibancadas ou, em casa, aceso em frente à TV.

Maior campeã da história do Carnaval, a Portela nunca esteve tão perto de quebrar um jejum que completa exatos 30 anos – mesma idade do Sambódromo. O último título da escola de Madureira foi justamente na inauguração da Passarela do Samba, em 1984. Agora, em 2014, a azul-e-branca é uma das favoritas graças a um desfile praticamente sem erros. Mais do que o desfile propriamente dito, a emoção estava em testemunhar o renascimento de uma das mais tradicionais escolas de samba, presente na origem de muito do que se conhece hoje como um desfile de alto nível.

Em 2014, mais uma vez, a comissão de frente da Tijuca empolgou. Os coreógrafos Rodrigo Neri e Priscilla Mota apresentaram personagens de desenho animado, um ator no papel de Senna, muitos troféus e até um carro de Fórmula 1. O casal de mestre-sala e porta-bandeira Julinho e Rute foram outro ponto alto.

Já a Vila Isabel protagonizou a maior decepção desse ano. A atual campeã, que sofre com problemas financeiros, fez um desfile cheio de problemas. O pior deles foi a falta de fantasias – ou de parte delas – em várias alas. A escola deve ocupar as últimas colocações.

Continua após a publicidade
Publicidade