Clique e assine a partir de 9,90/mês

Azealia Banks, a rapper racista, comemora vitória de Trump

'Agora que a vaca perdeu pela segunda vez, vamos mandá-la de volta ao pasto…', disse, fina, sobre Hillary Clinton

Por Da redação - Atualizado em 9 nov 2016, 12h26 - Publicado em 9 nov 2016, 12h21

Não deveria ser surpresa, vindo de Azealia Banks, mas ela conseguiu se superar — e causar espanto — com a sua comemoração da vitória de Donald Trump. A rapper negra que chegou a clarear a pele não poupou adjetivos misóginos para bater em Hillary Clinton e festejar a ascensão daquele que já se declarou contra mexicanos e muçulmanos, entre outras minorias.

“A América merece uma primeira presidenta muuuuito melhor do que esse lixo da Hillary. Agora que a vaca perdeu pela segunda vez, vamos mandá-la de volta ao pasto…”, escreveu Azealia em seu perfil no Facebook, onde aproveitou para fazer troça das colegas e rivais Katy Perry e Lady Gaga. “Disseram que Katy e Gaga estavam nos bastidores chorando, eu teria gargalhado alto e forte na cara delas. Todos esses famosos acharam que seus poderes convenceriam as pessoas, mas isso é prova do quão estúpidos os americanos não são. Trump venceu a mídia. Isso é maior do que política. Ele venceu a p… da mídia. Ele é meu herói agora. Estou eufórica”, continuou.

Em maio deste ano, a desbocada Azealia Banks empreendeu um ataque racista pelo Twitter a Zayn Malik, ex-One Direction de ascendência paquistanesa, e terminou banida da rede de microblogs.

America deserves a WAAAAAAAY better first female president then trash ass Hilary. Now that the cow has lost for the…

Posted by Azealia Banks on Tuesday, November 8, 2016

Continua após a publicidade
Publicidade