Clique e assine a partir de 9,90/mês

Ator e escritor americano Sam Shepard morre aos 73 anos

Shepard, que escreveu cerca de 50 peças, ganhou o Pulitzer de 1979 pelo drama Buried Child e foi indicado ao Oscar em 1984 por 'Os Eleitos'

Por Da redação - Atualizado em 31 jul 2017, 14h46 - Publicado em 31 jul 2017, 13h51

O ator americano Sam Shepard, conhecido por vários papéis marcantes no cinema e também como autor, morreu aos 73 anos, na última quinta-feira. Sua morte, porém, só foi anunciada nesta segunda-feira por um porta-voz da família ao jornal The New York Times. Shepard morreu em casa, no Kentucky, por complicações de uma esclerose amiotrófica lateral (doença de Lou Gehrig).

Shepard, que escreveu cerca de cinquenta peças, ganhou o Pulitzer de 1979 pelo drama Buried Child e foi indicado ao Oscar em 1984 como melhor ator coadjuvante pelo filme Os Eleitos – Onde o Futuro Começa. Um de seus papéis mais recentes foi em Bloodline, série da Netflix.

Nascido em Fort Sheridan, Illinois, em 1943, era filho de uma professora e de um oficial do Exército. Shepard teve uma infância nômade, mudando de base militar por todo país, até concluir o ginásio em Duarte, Califórnia.

Ele começou a atuar e a escrever na faculdade e passou um ano estudando agricultura até se unir a uma companhia de teatro itinerante e se mudar para Nova York, onde começou a escrever peças. Shepard assinou o roteiro de Paris, Texas, que venceu a Palma de ouro de 1984, no Festival de Cannes.

Continua após a publicidade

(Com agência France-Presse)

Publicidade