Clique e assine a partir de 9,90/mês

‘Amigos nunca morrem’, diz SBT em homenagem a Gugu

Emissora abriu o 'Domingo Legal' como se o apresentador ainda estivesse à frente do programa. Celso Portiolli, titular da atração, comanda a homenagem

Por Roberta Paduan - Atualizado em 24 nov 2019, 19h50 - Publicado em 24 nov 2019, 13h59

O programa ‘Domingo Legal‘ teve a abertura de hoje feita em homenagem ao apresentador Gugu Liberato, que teve a morte confirmada na última sexta-feira, 22. Uma edição com mais de 2 minutos e meio de duração misturou imagens de vários programas comandados pela ex-estrela do SBT, como se ele fosse, de fato, apresentar a atração deste domingo.

O SBT publicou o vídeo (clique abaixo) nas redes sociais da emissora com a seguinte frase: “Porque nossos amigos nunca morrem, eles continuam conosco, no coração! A abertura do Domingo Legal de hoje, em homenagem ao nosso querido e eterno Gugu”. 

Abertura Domingo Legal – Homenagem ao Gugu

Porque nossos amigos nunca morrem, eles continuam conosco, no coração! A abertura do Domingo Legal de hoje, em homenagem ao nosso querido e eterno Gugu.

Posted by SBT on Sunday, November 24, 2019

Em seguida, um emocionado Celso Portiolli assumiu o programa e deu seguimento às homenagens a Augusto Liberato, que comandou o ‘Domingo Legal’ até 2009, quando se transferiu para a Record. Desde então, Portiolli apresenta a atração. O atual apresentador afirmou que se sente honrado de ter herdado o programa de Gugu e exaltou seu brilhantismo e profissionalismo.

Vários funcionários do SBT, emissora em que Gugu começou aos 14 anos, como assistente de produção da atração infantil ‘Domingo no Parque’, deram depoimentos sobre Liberato. O piloto de helicóptero Comandante Hamilton, atualmente na Record, lembrou que começou com Gugu em 1995, quando ele tinha um quadro em que jogava pequenos paraquedas de brinquedo sobre a cidade de São Paulo. “Ele foi o responsável pelo helicóptero se tornar uma das estrelas da televisão brasileira”, disse o piloto.

O operador de câmera Gaúcho, um dos preferidos de Gugu para fazer os planos fechados em seu rosto, lembrou que o apresentador se transformava quando ficava na frente das câmeras e assumia o microfone. “Fora do ar, ele era humilde e até tímido”.

Continua após a publicidade
Publicidade