Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

Rachel Maia fala do ‘grande guarda-chuva’ dos direitos humanos

Executiva é presidente do Conselho de Administração do Pacto Global da ONU no Brasil

Por Giovanna Fraguito Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 1 dez 2023, 18h18 - Publicado em 1 dez 2023, 17h17

Nascida na periferia de São Paulo, formada em Ciências Contábeis, com especializações em Harvard e na USP, Rachel Maia, entre os 500 nomes mais influentes da América Latina 2023, na lista elaborada pela Bloomberg Línia,  apresentou suas reflexões sobre o mundo corporativo no quinto episódio do videocast Pacto com o Futuro, parceria do Pacto Global da ONU no Brasil com a rádio CBN. “Até ‘ontem’, estávamos [como Conselheiros de empresas] tratando apenas de resultados, estrategicamente falando. Com as mãos completamente fora da operação. E agora, nós temos a certeza de que o grande guarda-chuva de direitos humanos nos coloca no papel de falar de pessoas também. Não é só diversidade, é pluralidade de pensamento, de ideias, de formação, não exclusivamente vinda das melhores universidades, faculdades e afins. Muitas vezes, preciso daquele ser que está lá na ponta, na periferia, para entender como aquele povo quer ser tratado e isso, muitas vezes, não está na estratégia e aí, não atinjo aquele consumidor. Isso é o ponto de convergência da inovação, que também é estratégia, e algo que, até ontem, não tratávamos”, defendeu Rachel, presidente do Conselho de Administração do Pacto Global da ONU no Brasil.

Carlo Pereira, CEO da rede brasileira do Pacto Global, um dos apresentadores do videocast, completa que este é um assunto recente aos líderes das corporações. “A liderança empresarial está saindo do armário. E que armário é esse? É da humanidade. Prefiro acreditar que a liderança empresarial também quer fazer o melhor para o mundo, mas havia antigamente o foco exclusivo no financeiro, mas é preciso que a empresa entenda seu papel social que é muito maior”.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.