Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

Como foram os últimos dias da princesa Margaret, irmã de rainha Elizabeth

Série 'The Crown' mostra seus últimos momentos, em 2002

Por Giovanna Fraguito Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 18h29 - Publicado em 15 dez 2023, 12h00

O episódio Ritz da nova temporada de The Crown, que teve a parte dois lançada nesta quinta-feira, 14, mostra o declínio da princesa Margaret, irmã mais nova da rainha Elizabeth II até sua morte, aos 71 anos, em 2002. Margaret tinha como hábito fumar e beber muito desde a juventude, o que prejudicou sua saúde. Segundo a imprensa britânica, ela chegou a fumar 60 cigarros por dia e costumava beber muito uísque. Entre os anos 70 e 80, ela foi diagnosticada com hepatite e gastroenterite, além de ter parte do pulmão retirada por suspeita de câncer.

Em 1998, a princesa sofreu o primeiro de três derrames. Estava em sua casa de férias na ilha de Mustique quando sentiu tontura, dor no peito e dor de cabeça. Entre 2001 e 2002, a princesa sofreu pelo menos mais dois derrames — o último aconteceu um dia antes de sua morte, o que a fez perder os movimentos do lado do esquerdo do corpo e parte da visão. Ela morreu no dia 9 de fevereiro de 2002 em razão de complicações cardíacas causadas pelo AVC. Além dos problemas de saúde, Margaret  lutava contra uma depressão. Uma das crises ocorreu em 1974, em meio ao conturbado fim do casamento com Lord Snowdon, a princesa tomou vários remédios para dormir, o que foi divulgado na imprensa como uma suposta tentativa de suicídio.


Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.