Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

As polêmicas declarações em entrevistas da coluna Gente no Youtube

Estreia do programa em versão vídeo tem atraído bate-papos descontraídos com assuntos relevantes

Por Giovanna Fraguito Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO , Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 18h18 - Publicado em 25 dez 2023, 12h00

Aumentando seu alcance além da versão online do impresso, a coluna estreou um programa no Youtube em setembro, com os bastidores da festa de Fuzuê, novela da TV Globo. A cada segunda-feira, um novo vídeo com entrevistas do mundo do entretenimento, negócios e política. A seguir, algumas das declarações mais impactantes.

Marina Ruy Barbosa na estreia de Fuzuê – “Estamos fazendo uma novela em homenagem a outras grandes novelas, grandes vilãs e mocinhas

Xande de Pilares sobre gravar um álbum com músicas de Caetano Veloso – “A música brasileira não tem que ter preconceito, tem que ter coragem, carinho e respeito”.

O advogado Ricardo Brajterman sobre o conflito familiar de Larissa Manoela, acompanhado da psicóloga Luana Menezes – “O tutor ou curador tem obrigação de prestar contas para a Justiça”.

Continua após a publicidade

Juliana Didone (atriz) – “Meu parto foi horroroso, todo errado, frustrou todas as minhas expectativas. Também sofri uma violência obstétrica”.

Reynaldo Gianecchini (ator) – “Ser homem no Brasil desde crianças é difícil, porque você geralmente é criado para ser um menino que tem que ser duro, bom no esporte, viril, que não pode chorar…

Erika Hilton (deputada Federal, PSOL) – “O verdadeiro feminismo quer ver as mulheres muito além de um aparelho reprodutor, quer ver as mulheres como seres políticos, emancipadas, independentes economicamente”.

Continua após a publicidade

Luciano Szafir (ator e empresário) – “Senti meu braço gelar. Uma experiência de quase morte por 20 segundos”.

Marco Feliciano (deputado Federal, PL) – “Nas redes sociais, mostro meus bonecos de vez em quando. E tem gente que chega lá comentando ‘o pastor está adorando imagens do demônio’, ‘o senhor expulsa demônio da igreja e leva para casa’”.

Mauro Alencar (pesquisador de teledramaturgia) sobre a crise de audiência nas novelas da TV Globo, acompanhado da pesquisadora Ana Paula Gonçalves“O México continua sendo o país mais importante da teledramaturgia mundial”.

Continua após a publicidade

Eduardo Sterblitch (ator) – “Tenho vergonha dos crimes que provavelmente cometi ali dentro. Era um outro mundo. Tenho vergonha da minha ignorância artística. Era moleque”.

Caco Ciocler (ator) – “Qual seria a solução (para a guerra no Oriente Médio)? Eu tenho: a criação de dois Estados, em que ambas as partes fiquem satisfeitas”.

Mary del Priore (historiadora) – “Temos Hamas em cada uma das comunidades do Rio”

Continua após a publicidade

Jessé Souza (sociólogo) – “A desconstrução moral do bolsonarismo só está começando”

Cleber Machado (narrador esportivo) sobre demissão da Globo: “Senti um clima meio estranho”

Anderson Silva (ex-lutador de MMA e agora ator) – “Estão sempre aparecendo novos projetos para que eu trabalhe em bons papéis”

Continua após a publicidade

Manoel Soares (apresentador) – “Meu filho só começou a falar depois que saí da Globo”

Ailton Krenak (ambientalista e escritor) sobre gestão Bolsonaro – ‘Parecia uma guerra civil’

Buchecha (cantor) sobre conflito com família de Claudinho – ‘Me sinto ofendido’

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.