Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

A Lava Jato causa pânico no mundo das artes plásticas

A repercussão da Galeria, a 65ª fase da operação

Por João Batista Jr. Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 4 jun 2024, 15h46 - Publicado em 13 set 2019, 06h30

Batizada de Galeria, a 65ª fase da Operação Lava-Jato prendeu de forma preventiva Márcio Lobão, filho do ex-senador e ex-ministro Edison Lobão. Morador da Avenida Atlântica, no Rio, ele é investigado por usar o mercado de arte para lavar dinheiro — os desvios chegam a 50 milhões de reais.

Márcio negociou dois exemplares de Ivan Serpa e outro de Milton da Costa na Galeria Almeida e Dale, e um de Beatriz Milhazes, na Fortes Vilaça, ambas de São Paulo. A primeira galeria, aliás, foi alvo de mandados de busca e apreensão por parte da Polícia Federal. Casado com Marta Fadel, cuja família é conhecidíssima colecionadora de obras de arte (há diversos exemplares de Di Cavalcanti, Tarsila do Amaral e Candido Portinari na coleção), Márcio era um clientão das duas galerias suspeitas de vender obras por valores combinados, com negociações em dinheiro vivo e nota fiscal adulterada. Com o avançar das investigações, e a partir dos papéis obtidos nas galerias, a Polícia Federal espera descobrir outros clientes que usam quadros e esculturas para fraudar o Erário e lavar dinheiro.

O ex-senador Luiz Estevão, preso em regime semiaberto, era cliente da Almeida e Dale. Um detalhe pôs fogo no mercado de arte: a operação ocorreu dias antes de começar a ArtRio, a maior feira do setor do Brasil, que abre as portas para compradores na quarta-feira 18. A Almeida e Dale terá um estande no evento, que movimenta — oficialmente — 100 milhões de reais por edição.

Publicado em VEJA de 18 de setembro de 2019, edição nº 2652

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.