Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Tela Plana Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Kelly Miyashiro
Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming
Continua após publicidade

7 episódios de ‘The Crown’ que são obras-primas da TV – e resumem a série

Seriado da Netflix chega ao final em sua sexta temporada e deixa um legado de como se fazer uma bela e afiada produção de fatos reais

Por Raquel Carneiro Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
16 nov 2023, 08h00

Ao longo de seis temporadas, a série The Crown, lançada em 2016, se propôs a acompanhar momentos importantes da trajetória da rainha britânica Elizabeth II. Ao observar a monarca, a produção primorosa da Netflix flertou com fatos históricos importantes, muitas vezes narrados por pontos de vista inusitados. Confira a seguir uma seleção de sete episódios da série que são obras-primas da TV – e que servem de esquenta para antigos espectadores e de introdução para novos. A sexta temporada lança quatro episódios nesta quinta-feira, 16, e os demais em 14 de dezembro. 

Rainha em treinamento
(Temporada 1, episódio 7)

Claire Foy em
Claire Foy em “The Crown” (//Divulgação)

Com Claire Foy no papel da rainha, o episódio resume o espírito da primeira temporada. Enquanto uma jovem mulher assume o trono da Inglaterra, homens idosos no poder (entre eles Winston Churchill) lidam com crises internacionais que ainda refletem o pós-guerra na década de 1950. Na trama, Elizabeth contrata um tutor para ficar a par dos principais assuntos de geopolítica. 

Continua após a publicidade

Passado nazista
(Temporada 2, episódio 9)

Cena da série 'The Crown' mostra príncipe Philip no cortejo fúnebre de sua irmã, na Alemanha -
Cena da série ‘The Crown’ mostra príncipe Philip no cortejo fúnebre de sua irmã, na Alemanha – (Reprodução/Netflix)

Em um dos episódios mais impactantes da série, a produção vai ao passado do príncipe Philip, marido de Elizabeth II, proveniente de uma família nazista. Enquanto o jovem na infância lida com a perda de parentes e o desmantelar do mundo que ele conhecia, a série salta no tempo para mostrar a dura criação do príncipe Charles – então uma criança sensível que Philip tenta “transformar” em um homem durão.  

Continua após a publicidade

Luto coletivo
(Temporada 3, episódio 3)

Olivia Colman como Elizabeth II em 'The Crown' -
Olivia Colman como Elizabeth II em ‘The Crown’ – (//Netflix)

Episódio mais elogiado de The Crown, ele retrata a tragédia da cidade de Aberfan, que em 1966 perdeu 28 adultos e 116 crianças, vítimas de um deslizamento de resíduos de uma mina de carvão que atingiu uma escola. A trama mostra a postura da rainha que tinha fama de gélida – e como ela demorou a entender que seu papel simbólico como soberana demandava também posturas sociais e de apoio ao povo em momentos difíceis. 

Continua após a publicidade

O príncipe e o professor
(Temporada 3, episódio 6)

.
Olivia Colman e Josh O’Connor, mãe e filho em ‘The Crown’ (Des Willie/Netflix)

Antes de ser o príncipe de Gales, Charles (interpretado por Josh O’Connor) se propôs a aprender o galês, língua do pequeno país de poucos atrativos na ilha da Grã-Bretanha. Um professor nacionalista, que luta pela independência da região, é o eleito para ensinar o príncipe. A relação inicialmente conturbada entre eles cresce para uma amizade inesperada, num belo roteiro sobre aceitação de diferenças. 

Continua após a publicidade

O intruso
(Temporada 4, episódio 5)

Cena do episódio 'Fagan' de 'The Crown -
Cena do episódio ‘Fagan’ de ‘The Crown – (//Netflix)

Vivida por Gillian Anderson, a controversa primeira-ministra Margaret Thatcher impôs um regime austero ao Reino Unido durante seu governo. No episódio, a crise econômica e política é representada por Michael Fagan, um homem desempregado que invade o palácio e entra no quarto da rainha, onde traça uma longa conversa enquanto a faz de “refém”. O caso é baseado em fatos: realmente Fagan entrou no palácio e invadiu o quarto da rainha, porém, ela não estava lá – evento que serviu para uma maior rede de segurança ao redor do castelo. Imaginar a conversa entre eles é um dos trunfos narrativos da série.

Continua após a publicidade

Romance conturbado
(Temporada 4, episódio 6)

.
Princesa Diana (Emma Corrin) e príncipe Charles (Josh O’ Connor) na quinta temporada de The Crown (Netflix/Divulgação)

A relação conturbada do príncipe Charles (Josh O’Connor) e da princesa Diana (Emma Corrin) marca a quarta temporada. Este episódio, porém, abre frestas para os bons momentos do relacionamento do casal enquanto demonstra o poder cativante da jovem em conquistar o povo – causando ciúme no restante da família real. 

Mou Mou
(Temporada 5, episódio 3)

Salim Daw como Mohamed Al-Fayed em 'The Crown', da Netflix
Salim Daw como Mohamed Al-Fayed em ‘The Crown’, da Netflix (Divulgação/Netflix)

Longe da Inglaterra, no Egito, o episódio acompanha a história de Mohamed Al-Fayed (apelidado de Mou Mou), um jovem pobre e ambicioso que, munido de esperteza, boa lábia e persistência, se torna um dos empresários mais poderosos do mundo. Al-Fayed se conecta com a história de The Crown por ser o pai de Dodi, namorado de Diana que morreu com ela no acidente de carro fatal de 1997. O envolvimento do empresário na relação do casal é ponto crucial da sexta e última temporada. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.