Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Rio Grande do Sul

Por Veja correspondentes
Política, negócios, urbanismo e outros temas e personagens gaúchos. Por Paula Sperb, de Porto Alegre
Continua após publicidade

UFRGS é a melhor federal do Brasil no índice geral do MEC

Elite do ensino superior público conta com doze universidades estaduais e federais

Por Paula Sperb
Atualizado em 4 jun 2024, 18h13 - Publicado em 27 nov 2017, 16h44

Com o primeiro curso criado em 1895, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) é atualmente a melhor universidade federal do Brasil, segundo dados divulgados nesta segunda pelo Ministério da Educação (MEC). A UFRGS ocupa o primeiro lugar, entre as federais, no Índice Geral de Cursos (IGC) de 2016 na faixa máxima de pontuação, na escala que vai de um a cinco. A UFRGS somou 4,29 pontos, na frente da federal de Minas Gerais e do Rio de Janeiro.

No Rio Grande do Sul, a UFRGS é seguida pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), com IGC de 3,80, e pela Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), com nota 3,42. A Universidade Federal do Pampa (Unipampa), que recentemente deu o título de doutor honoris causa ao ex-presidente uruguaio José Mujica, ficou com 3,21.

No ranking geral do IGC, incluindo universidades estaduais, a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) é a campeã. A “elite” do ensino superior público, com IGC na faixa cinco, tem doze universidades, dez federais e duas estaduais (veja a tabela abaixo).

Para a avaliação, o MEC considera as condições de ensino, o corpo docente, as instalações físicas, o projeto pedagógico dos cursos e também o resultado dos alunos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

Continua após a publicidade

Além disso, para avaliar a qualidade dos cursos, o MEC examina a média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu, a partir de dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes); e a distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação stricto sensu.

IGC da Faixa 5 (notas mais altas)

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS 4,3744
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL 4,2985
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS 4,2268
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO 4,1072
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC 4,1066
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO 4,0749
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA 4,0747
UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS 4,0007
UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA 3,9989
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS 3,9940
UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA 3,9583
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE FLUMINENSE DARCY RIBEIRO 3,9458

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.