Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

O governo vai aumentando o belo monte de Belo Monte

Leia primeiro o post abaixo O presidente da OAB resolveu recorrer contra a licença parcial — ou temporária, sabe-se lá — concedida pelo Ibama para a construção de Belo Monte, a usina das exceções. Tio Rei acordou verde hoje, verdíssimo! Ontem, confesso, eu fiquei bem alvinegro, alvinegríssimo, quando o Coringão(zinho) enfrentou o Palmeiras… Na verdade, […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 12h54 - Publicado em 7 fev 2011, 20h12

Leia primeiro o post abaixo
O presidente da OAB resolveu recorrer contra a licença parcial — ou temporária, sabe-se lá — concedida pelo Ibama para a construção de Belo Monte, a usina das exceções. Tio Rei acordou verde hoje, verdíssimo! Ontem, confesso, eu fiquei bem alvinegro, alvinegríssimo, quando o Coringão(zinho) enfrentou o Palmeiras… Na verdade, a licença do Ibama é para construir o canteiro de obras. Sei…

Procedimento estranho, né? Digamos que as condicionantes impostas pelo órgão não se cumpram depois — é uma hipótese que pode até ser improvável, mas é plausível. Nesse caso, faz-se o quê? Eu não estou entre aqueles que morrem de amores por ambientalistas, mas não aprovo que um órgão público se transforme numa central de gambiarras, ainda que a causa fosse boa. Se é, dispensam-se os truques.

Belo Monte, que deveria ser um empreendimento financiado pela iniciativa privada, já nasceu sob um arranjo heterodoxo que a torna, de fato, uma obra financiada pelo estado. Agora, vem essa estranha licença dada pelo Ibama. O que parece, e consta que isso não é só impressão, é que o governo decidiu correr sem saber direito para onde vai. É uma brincadeira cara demais para ser tocada assim, com essa ligeireza legal.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)