Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Gustavo Maia (interino) Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

SP usou apenas 3% da verba para Delegacias da Mulher, diz deputada

Marina Helou afirma que de R$ 24 milhões, somente R$ 675,5 mil foram empenhados

Por Ramiro Brites Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 10h05 - Publicado em 22 fev 2024, 17h30

A deputada estadual Marina Helou enviou um ofício ao secretário de Segurança Pública de São Paulo, Guilherme Derrite, em que questiona o empenho de recursos às Delegacias da Mulher.

Marina diz que, dos 24 milhões de reais disponibilizados, em 2023, para implementação de delegacias da mulher 24 horas, apenas 675.500 reais foram usados, o que representa apenas 3% do orçamento previsto para a medida.

No ofício, a deputada questionou o motivo pelo qual a verba não foi empenhada, se houve realocação de recursos e para quais ações o montante teria sido usado.

Ao Radar, o governo do Estado disse que “recursos de outras ações foram utilizados para a ampliação” dos serviços das Delegacias de Defesa da Mulher e que o investimento em reformas, ampliações e aquisição de viaturas ultrapassou 1,4 milhões de reais.

Continua após a publicidade

“O combate à violência contra a mulher é uma das prioridades da Secretaria de Segurança Publica, que irá, em 2024, concentrar esforços para direcionar recursos para ações de atendimento e acolhimento de mulheres, por meio de projetos inovadores, como o monitoramento de agressores e a ampliação de atendimento em diversos municípios do território paulista”, disse o governo em nota.

“A ação orçamentária destinada às Delegacias de Defesa das Mulheres 24 horas foi aperfeiçoada da LOA 2024, englobando o atendimento de outros públicos vulneráveis, como idosos, crianças e adolescentes. Esses recursos estão previstos no LOA 2024, na Ação Orçamentária no acolhimento e proteção das crianças, adolescentes e idosos e também na ação ‘Polícia Judiciária’, somando R$ 429,6 milhões em investimentos previstos”, acrescentou.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.