Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Lula adia viagem à China

Presidente suspendeu compromissos por conta de sintomas gripais que o levaram ao hospital nesta semana

Por Ramiro Brites Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 29 mar 2023, 09h51 - Publicado em 25 mar 2023, 12h34

Luiz Inácio Lula da Silva não vai mais para a China neste domingo. O presidente deu entrada na unidade de Brasília do Hospital Sírio-Libanês na quinta-feira, e médicos recomendaram o adiamento da viagem. A informação foi confirmada pela secretaria de imprensa da Presidência da República, que salientou o desejo de remarcar o encontro com as autoridades chinesas.

Em Pequim, estavam marcadas reuniões do chefe do Estado brasileiro com o presidente Xi Jinping, com o premiê chinês, Li Qiang, e com o presidente da Assembleia Popular Nacional, Zhao Leji. Uma comitiva brasileira já está na China. Boa parte composta por empresários do agronegócio acompanhados pelo ministro da Agricultura, Carlos Fávaro.

Inicialmente,  a viagem do presidente estava agendada para este sábado, mas foi remarcada para o dia seguinte, em função do quadro clínico apresentado por Lula. Nesta sexta, o presidente despachou com ministros do Palácio do Alvorada e se encontrou com o chefe da Câmara dos Deputados, Arthur Lira.

“O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu entrada no Hospital Sírio-Libanês – unidade Brasília, em 23/3/2023 com sintomas gripais. Após avaliação clínica, foi feito diagnóstico de broncopneumonia bacteriana e viral por influenza A, sendo iniciado tratamento.

Após reavaliação no dia de hoje e, apesar da melhora clínica, o serviço médico da Presidência da República recomenda o adiamento da viagem para China até que se encerre o ciclo de transmissão viral”, diz a nota assinada pela médica Ana Helena Germoglio, coordenadora-geral da equipe de Saúde da Presidência da República.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.