Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Pacheco mantém análise da PEC dos Precatórios para esta terça

Flávia Arruda e tropa de choque de Bolsonaro tentam virar votos no Senado; CCJ aprovou texto há pouco

Por Robson Bonin Atualizado em 30 nov 2021, 16h57 - Publicado em 30 nov 2021, 15h07

A ministra Flávia Arruda deixou a filiação de Jair Bolsonaro no fim da manhã e correu para o Congresso atuar nas articulações da votação, no Senado, da PEC dos Precatórios. A coisa anda feia para o lado do governo.

Um interlocutor da cúpula da Casa diz que o governo já pretende deixar a votação para quinta-feira. Se colocar o tema em discussão e votação no plenário nesta terça, o risco de derrota é alto.

É nesse caminho que Flávia, o líder Fernando Bezerra e outros integrantes do Planalto atuam para virar votos e convencer senadores.

Como previsto, o texto passou na CCJ do Senado. Agora, segue para o plenário.

ATUALIZAÇÃO, 16H54 — Apesar das conversas para adiar a votação, Pacheco e os líderes cravaram a discussão do texto dos precatórios para esta terça-feira mesmo.

Continua após a publicidade

Publicidade