Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Anielle exonera assessora após ataques à torcida de futebol nas redes

Na final da Copa do Brasil, servidora do Ministério da Igualdade Racial se exaltou contra os torcedores do São Paulo

Por Ramiro Brites Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 13 Maio 2024, 20h56 - Publicado em 26 set 2023, 16h57

O Ministério da Igualdade Racial comunicou nesta terça-feira a exoneração de Marcelle Decothé da Silva, assessora da pasta, que usou as redes sociais para xingar a torcida do São Paulo. Ela se referiu aos torcedores da equipe paulistana como “torcida branca, que não canta, descendente de europeu safade” e ainda cedeu à rixa entre cariocas e paulistas: “pior de tudo, pauliste”, publicou em linguagem neutra. 

“De acordo com esses princípios, e para evitar que atitudes não alinhadas a esse propósito interfiram no cumprimento de nossa missão institucional, informamos que Marcelle Decothé da Silva foi exonerada do cargo de Chefe da Assessoria Especial deste Ministério na data de hoje. As manifestações públicas da servidora em suas redes estão em evidente desacordo com as políticas e objetivos do MIR”, diz a nota do ministério. 

A pasta também declarou que um Comitê de Integridade, Transparência, Ética e Responsabilização foi instalado para debate e deliberação de “questões disciplinares” e de “integridade pública”. O novo órgão “vai investigar o caso e atuar para prevenir ocorrências que contrariem os princípios norteadores da missão do Ministério”. 

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, foi à final da Copa do Brasil — entre São Paulo e Flamengo — na capital paulista em avião da Força Aérea Brasileira para assinar um documento contra o racismo no esporte. Ela estava em Brasília. André Fufuca, novo ministro do Esporte, estava em São Luís (MA) e também usou um voo oficial para ir ao jogo. O ministro Silvio Almeida, dos Direitos Humanos, participou da cerimônia, mas foi para partida em voo comercial.  

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.