Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Advogado de Milton Ribeiro questiona possível abuso de autoridade de juiz

Daniel Bialski disse ter recebido com surpresa decisão que remeteu investigação contra o ex-ministro ao STF

Por Gustavo Maia 24 jun 2022, 14h47

Em reação à decisão do juiz Renato Borelli de enviar novamente para o STF os autos da investigação contra Milton Ribeiro, por contra de uma possível interferência do presidente Jair Bolsonaro apontada pelo MPF, o advogado do ex-ministro da Educação, Daniel Bialski, divulgou há pouco uma nota dizendo que recebeu a iniciativa “com surpresa”. E apontou que pode ter havido “ativismo judicial e, quiçá, abuso de autoridade” por parte do magistrado.

O defensor de Ribeiro se referiu ao áudio transcrito por Borelli na decisão, em que Ribeiro afirma que “ele acha que vão fazer uma busca e apreensão”, para dizer que “causa espécie que se esteja fazendo menção a gravações/mensagens envolvendo autoridade com foro privilegiado, ocorridas antes da deflagração da operação”.

“Se assim o era, não haveria competência do juiz de primeiro grau para analisar o pedido feito pela autoridade policial e, consequentemente, decretar a prisão preventiva”, argumentou Bialski.

O advogado então partiu para o ataque contra o juiz da 15ª Vara Federal do Distrito Federal:

“A defesa ainda analisará tudo e o todo que foi anexado aos autos, se lhe for franqueada vista da íntegra da documentação. Todavia, se realmente esse fato se comprovar, atos e decisões tomadas são nulos por absoluta incompetência e somente reforça a avaliação de que estamos diante de ativismo judicial e, quiçá, abuso de autoridade, o que precisará também ser objeto de acurada análise”.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)