Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Possível interferência de Bolsonaro provoca reviravolta no caso Ribeiro

'Ele acha que vão fazer uma busca e apreensão... em casa... sabe... é... é muito triste', diz o ex-ministro da Educação num grampo

Por Robson Bonin Atualizado em 24 jun 2022, 13h32 - Publicado em 24 jun 2022, 12h05

A decisão do juiz Renato Borelli, de remeter as investigações de corrupção no Ministério da Educação ao STF, se deu por suspeita de interferência direta de Jair Bolsonaro no caso. É o que aponta o Ministério Público Federal, autor do pedido para que o caso volte ao Supremo por “possível interferência ilícita do presidente da República Jair Messias Bolsonaro nas investigações”.  A informação foi divulgada pelo Globo e confirmada pelo Radar.

“O Parquet Federal formulou pleito de remessa de parte do material arrecadado na investigação, pois, verificada a possível interferência nas investigações por parte de detentor de foro por prerrogativa de função no Supremo Tribunal Federal”, diz o juiz.

O mistério a ser resolvido está numa conversa interceptada pela PF em que Ribeiro diz a um familiar o seguinte: “Não! Não é isso… ele acha que vão fazer uma busca e apreensão… em casa… sabe… é… é muito triste. Bom! Isso pode acontecer, né? Se houver indícios né…”

Agora, a PF, com o STF no comando das investigações, vai tentar descobrir quem é o “ele” na conversa. O Radar mostra, na edição de VEJA que está nas bancas, que Milton Ribeiro telefonou a ministros de Bolsonaro antes de ser preso pela PF, o que indica que ele, mesmo fora do governo, mantinha linha direta com o primeiro escalão do Planalto.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)