Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

A chacina em Sinop e a guerra antiarmas de Flávio Dino na Justiça

Dois homens executaram a tiros sete pessoas em um bar por uma briga em um jogo de sinuca; ministro responsabiliza política armamentista de Bolsonaro

Por Lucas Vettorazzo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 22 fev 2023, 15h37 - Publicado em 22 fev 2023, 15h30

Desde que assumiu como ministro da Justiça de Lula que Flávio Dino empreende uma luta para reduzir a quantidade de armas em posse de cidadãos brasileiros, uma promessa da campanha petista à Presidência na disputa vitoriosa contra Jair Bolsonaro.

Nesta quarta-feira, após uma chacina em Sinop (MT) em que dois homem assassinaram com tiros à queima-roupa sete pessoas em um bar, incluindo uma adolescente de 12 anos, Dino foi às redes repudiar a política de flexibilização de acesso a armamentos implantada pelo governo anterior, classificada por ele como “irresponsável”.

Segundo o ministro da Justiça, as medidas bolsonaristas no tema deram poder letal a setores da extrema-direita. Dino também criticou o aumento da quantidade de clubes de tiro no país. Um dos assassinos tinha cadastro em um clube local e costumava publicar vídeos praticando, segundo o portal G1.

“Mais sete homicídios brutais. Mais um resultado trágico da irresponsável política armamentista que levou à proliferação de ‘clubes de tiro’, supostamente destinados a ‘pessoas de bem’ (como alega a extrema-direita)”, escreveu Dino em seu perfil no Twitter.

Continua após a publicidade

A cena dos homens executando sete pessoas a sangue frio choca. O Radar optou por não publicar as imagens devido à brutalidade dos atos. Um dos assassinos rende as pessoas dentro do bar sob a mira de uma pistola. Na sequência, o comparsa aparece com uma escopeta e abre fogo nas pessoas enfileiradas contra a parede, algumas caem no chão na hora enquanto outras tentam fugir e são atingidas do lado de fora com tiros nas costas. Segundo testemunhas, a briga ocorreu após a dupla perder um jogo de sinuca valendo dinheiro. Os homens estão foragidos.

Dois homens matam sete pessoas em bar em Sinop (MT) após uma briga por um jogo de sinuca.
Dois homens matam sete pessoas em bar em Sinop (MT) após uma briga por um jogo de sinuca. (Portal O Tempo/Reprodução)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.