Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

O Som e a Fúria

Por Felipe Branco Cruz Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Pop, rock, jazz, black music ou MPB: tudo o que for notícia no mundo da música está na mira deste blog, para o bem ou para o mal
Continua após publicidade

Lolla: Jane’s Addiction homenageia Taylor Hawkins, que morreu há um ano

Banda do criador do festival destacou a importância que o baterista do Foo Fighters teve para a reunião deles

Por Felipe Branco Cruz Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 29 jan 2024, 12h15 - Publicado em 25 mar 2023, 23h21

O show do Jane’s Addiction, banda formada pelo criador do Lollapalooza, Perry Farrell, que ocorreu neste sábado, 25, foi marcado pelo peso do grupo e também por homenagens ao baterista do Foo Figthers, Taylor Hawkins. O músico morreu há exatamente um ano, em 25 de março de 2022, às vésperas de se apresentar também no Lollapalooza.

O grupo, que estava separado há alguns anos, retornou aos palcos justamente devido à interferência de Hawkins. Em entrevista recente, Farrell e o baixista Eric Avery contaram que só decidiram voltar a tocar juntos após insistentes ligações de Hawkins para os dois. Durante a apresentação, Perry disse que o show era dedicado ao seu “melhor amigo, Taylor Hawkins”. “Ele era um dos melhores músicos do mundo”, disse.

O show contou ainda com dançarinas com roupas para lá de provocantes, sendo que uma delas era a esposa do próprio Farrell e passou toda a apresentação tirando uma casquinha do marido.

Em entrevista a VEJA nos bastidores, o baixista Eric Avery e o guitarrista Josh Klinghoffer (que está substituindo Dave Navarro, que sofre dos efeitos da Covid Longa) falaram do retorno da banda e também da relação próxima que eles mantêm também com o Red Hot Chili Peppers. Josh tocava no grupo até bem pouco tempo atrás, quando saiu da banda. Em seu lugar retornou o guitarrista John Frusciante. Dave Navarro, porém, também já tocou no Red Hot e gravou com eles o disco One Hot Minute. E o baixista Flea, do Red Hot, tocou por um ano no Jane’s. Leia a seguir os principais trechos.

O baixista Eric Avery toca com o Jane's Addiction no Lollapalooza Brasil 2023
O baixista Eric Avery toca com o Jane’s Addiction no Lollapalooza Brasil 2023 (T4F/Divulgação)

Eric, qual é o seu sentimento após o retorno para o Jane’s Addiction depois de tanto tempo? Eu não poderia me sentir mais otimista. Nunca houve um momento melhor na banda do que agora, mesmo se compararmos com o início do grupo. Isso é muito positivo. Vivemos um período muito criativo, temos feito novas músicas e os shows são ótimos.

Josh, você é amigo pessoal e já gravou um disco com John Frusciante, que voltou para o Red Hot Chili Peppers após a sua saída. Dave Navarro também tocou com eles e Flea já tocou no Jane’s. Há uma ligação muito forte entre o Jane’s Addiction e o Red Hot Chili Peppers? Ambas as bandas foram formadas nos anos 80 em Los Angeles. Elas são contemporâneas. Quando não havia uma vaga em uma banda, você ia procurar outra. É um relacionamento muito próximo.
Eric: No começo, havia uma cena muito forte e todos éramos amigos. A proximidade não ocorria baseada apenas na música e sim porque convivíamos no mesmo meio. A gente ia uns nos shows dos outros. Era uma irmandade mesmo que ia além da música.

Eric, o que pode falar mais sobre essas novas composições do Jane’s Addiction? Definitivamente estamos produzindo novo material e ele será lançado em breve. Não sabemos ainda se será como um álbum tradicional com 10 ou 12 músicas ou apenas singles.

O guitarrista Josh Klinghoffer, que tocou com Jane's Addiction no Lollapalooza Brasil 2023
O guitarrista Josh Klinghoffer, que tocou com Jane’s Addiction no Lollapalooza Brasil 2023 (T4F/Divulgação)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.