Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Matheus Leitão

Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

Por que Lula demorou tanto para indicar os ministros?

Ao menos quatro nomes devem ser anunciados nesta sexta, 9

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 dez 2022, 10h57 - Publicado em 8 dez 2022, 17h17

A demora do presidente eleito Lula em indicar os ministros de seu governo tem gerado especulações que não favorecem o clima político às vésperas do início do mandato. Nesta quinta, 8, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou que Lula dirá o nome de “alguns” ministros na sexta, 9.

Interlocutores do petista afirmaram à coluna que a demora de Lula tem tudo a ver com os partidos que formarão a base aliada do novo governo. Lula estava consultando as legendas para saber quais eram as expectativas para os ministérios.

Se fosse rápido e anunciasse os nomes que tinha planejado, Lula poderia desagradar aliados num momento em que precisa de toda a força para começar sua gestão. Para não colocar nomes que estejam completamente fora dos desejos dos partidos, Lula decidiu esperar.

Continua após a publicidade

Nesta sexta, ele deve anunciar os nomes que fazem parte da “cota” do PT, ou seja, que seriam escolhidos dentro do partido de Lula de toda forma.

A expectativa é de que Fernando Haddad seja indicado para o Ministério da Fazenda. O petista inclusive se encontrou esta semana com o ministro Paulo Guedes, o que fortalece os indícios de que ele será mesmo o líder da Fazenda. Como comentou a coluna, Haddad chegou a participar de um evento da Febraban falando em nome de Lula.

Outro nome que deve ser indicado amanhã é o de Flávio Dino no Ministério da Justiça, nome dado como certo nos bastidores e adiantado pela coluna. Lula também deve indicar José Múcio, seu amigo pessoal, para o Ministério da Defesa e Rui Costa para a Casa Civil.

Continua após a publicidade

A decisão de anunciar “alguns” nomes deve acalmar petistas e integrantes da esquerda que estão em dúvidas sobre as escolhas de Lula. Os nomes citados aqui são os mais fáceis porque as pastas com certeza iriam para o PT: Fazenda, Casa Civil, Justiça e Defesa.

Depois de indicar alguns nomes, deve se intensificar a negociação entre a equipe de transição e os partidos da base para completar a equipe.

Lula precisa ajustar os movimentos para equilibrar a ansiedade de início de governo com a tranquilidade necessária para montar uma boa equipe para ajuda-lo nos próximos quatro anos.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.