Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

Artistas e empresários vão ao Ministério Público e Procon contra site

Venda de ingressos online pelo VIAGOGO, que tem inúmeras reclamações de usuários, será denunciada nesta quinta, 7

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 6 dez 2023, 20h39 - Publicado em 6 dez 2023, 16h17

A Associação Procure Saber, representada pela sua presidente, Paula Lavigne, assim como os diretores da Associação Brasileira das Empresas de Venda de Ingressos, Jorge Reis e Fábio Salva, da Associação Brasileira  dos Promotores de Eventos: Empresa Live Nation Brasil, Oceania Divulgação Interativa, representada por Alan Rodrigo Francino;  Espaço Unimed, representado Marco Antônio tobal, Arena Hall — BH representado por Priscila Machado, empresários de vários artistas nacionais, demais produtores e proprietários de casa de shows, apresentarão ao Ministério Público Federal e ao Procon/RJ, nesta quarta, 7, uma denúncia contra o site de venda de ingressos online VIAGOGO pela suposta prática de atos ilícitos, que atentam contra os direitos dos consumidores e prejudicam os produtores de shows e eventos. 

As reclamações dos consumidores vão desde a entrega de ingressos falsos, entrega de ingressos que não correspondem ao que foi adquirido, até valores abusivos e prática de cambismo. São centenas de processos distribuídos pelo país contra o VIAGOGO e o escritório que a representa no Brasil, FC Assessoria Administrativa Ltda.

Essa prática, além de causar danos materiais e morais aos consumidores enganados, também prejudica os produtores dos shows e eventos, na medida em que os consumidores, sem conseguir retorno do VIAGOGO para suas reclamações, entendem, equivocadamente, ser de responsabilidade da produção os danos causados por esse site.

Como revelado pela coluna no início de novembro, um dos shows mais esperados de Caetano Veloso — o do álbum Transa, lançado há 51 anos — foi vítima do VIAGOGO, assim como do Google, que aceita colocar em destaque links de compra mediante anúncios pagos.

A terra sem lei na internet e nas redes sociais, que continuam sem regulamentação no país, precisa definitivamente ser combatida.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.