Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Matheus Leitão

Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

Alexandre de Moraes deu, sim, um novo recado aos empresários pró-Bolsonaro

Ministro desbloqueou contas, mas deixou mensagem

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 15 set 2022, 18h59 - Publicado em 15 set 2022, 18h45

A decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de autorizar o desbloqueio das contas bancárias de oito empresários bolsonaristas veio com um recado importante do magistrado.

Ao determinar o desbloqueio, Moraes ressaltou que o “afastamento do sigilo bancário” dos investigados vai possibilitar o aprofundamento da investigação.

Pense em uma mensagem certeira.

“Em razão da passagem do feriado de 7/9/2022 e da efetivação do afastamento dos sigilos bancários dos investigados, medida que possibilitará o aprofundamento da investigação e verificação de eventual financiamento de atos criminosos, não configura-se mais necessária a manutenção do bloqueio dos ativos financeiros das pessoas nominadas”, escreveu Moraes na decisão.

Continua após a publicidade

O recado do ministro é direto: o bloqueio das contas não é mais necessário, já que os movimentos do 7 de setembro terminaram e o sigilo bancário foi retirado, dando ao responsável pela análise do processo a chance de verificar se houve financiamento de atos ilícitos que atentam contra a democracia.

O centro da decisão anterior era o dia 7 de setembro, bicentenário da Independência que foi sequestrado pelo presidente Jair Bolsonaro e seus apoiadores para fazerem campanha política. Além disso, com o acesso liberado às movimentações bancárias dos investigados, o bloqueio das contas deixa de ser necessário.

O processo vai continuar tramitando, mas Moraes foi objetivo novamente. Em mais uma atitude em defesa da democracia, o ministro mostra que todos precisam respeitar a Constituição e que discursos contrários a ela serão rapidamente combatidos.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.