Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

A confusão que espera Bolsonaro na Rússia

Ou… o que se esperar do encontro dos líderes políticos isolados 

Por Matheus Leitão Atualizado em 23 fev 2022, 17h52 - Publicado em 14 fev 2022, 15h36

Apesar da escalada de tensão entre a Rússia e a Ucrânia nos últimos dias, o presidente Jair Bolsonaro decidiu manter a viagem marcada nesta segunda, 14, para encontrar o presidente russo Vladimir Putin e, em seguida, vai se reunir com o primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán.

Bolsonaro fez questão de manter os encontros para mostrar que tem boas relações internacionais e provar que não está isolado, mas a escolha dos líderes com quem ele vai se encontrar mostra exatamente o oposto. O presidente brasileiro vai tentar sair do isolamento se reunindo com outros dois líderes isolados no mundo.

De um lado, Vladimir Putin está sob intenso cerco nas últimas semanas e ameaça invadir a Ucrânia sob o pretexto de estar preocupado com a entrada dos ucranianos na OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte).

O presidente russo é autoritário e não tem tido bons relacionamentos com outros países, a exemplo do que acontece com Bolsonaro.

Na Hungria, o primeiro-ministro Viktor Orbán também mantém um governo autoritário e de ultradireita, alinhado a muitas posturas radicais adotadas pelo presidente do Brasil.

FIGURÃO - Orbán: elogios de Trump, visita de Bolsonaro e dor de cabeça para as democracias da União Europeia -
FIGURÃO - Orbán: elogios de Trump, visita de Bolsonaro e dor de cabeça para as democracias da União Europeia David Josek/AP/.

Jair Bolsonaro erra duplamente: primeiro, não deveria cogitar uma viagem à Rússia num momento tão delicado. Segundo, não deveria se isolar ainda mais fazendo encontros apenas com os líderes que são compatíveis com sua postura ridícula como governante.

O presidente brasileiro está se metendo em uma confusão sem necessidade no ano em que deve perder a eleição presidencial e o foro no Supremo Tribunal Federal. Zero sabedoria como sempre.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)