Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

‘Temos de ser oposição clara e radicalizar no centro’, diz Aécio Neves

Deputado diz que PSDB renasce no cenário político ao emplacar o seu aliado Marconi Perillo no comando do partido

Por Da Redação
30 nov 2023, 18h44

O deputado federal Aécio Neves afirmou nesta quinta-feira, 30, que o PSDB deve fazer oposição clara ao governo Lula e “radicalizar no centro”. A declaração foi dada na convenção nacional da legenda, em Brasília, após a escolha de seu aliado, o ex-governador Marconi Perillo, para a presidência do partido lugar do governador gaúcho Eduardo Leite.

“O partido renasce. O próprio presidente Eduardo Leite fez um trabalho muito qualificado renovando o programa do PSDB. Temos de radicalizar no centro. Temos de ser oposição clara, sem adjetivos a esse governo da gastança, do desequilíbrio fiscal, da política externa do alinhamento ideológico”, declarou. “O Brasil merece muito mais do que isso. E somos nós do PSDB que devemos assumir a condução do que estou chamando de uma nova via. Uma nova via desenvolvimentista, inclusive do ponto de vista social, e ousada no debate das políticas públicas”, acrescentou. 

Aécio foi o principal articulador da candidatura de Perillo ao comando do PSDB. Ele foi o único candidato — o ex-senador José Aníbal tentou disputar, mas retirou sua candidatura nas últimas horas antes da convenção após um acordo. O próprio Aécio foi cotado para liderar a sigla, mas preferiu focar em seu plano de ser candidato ao governo de Minas Gerais em 2026.

Aécio tentará voltar ao governo de Minas?

Em conversa com jornalistas, Aécio não confirmou (e nem negou) o desejo de ser candidato na próxima eleição estadual. “Isso está longe ainda. Recebo estímulos todo o tempo, mas não coloco o carro na frente dos bois. Sou mineiro. Vamos dar tempo ao tempo. Esta é uma decisão que o futuro irá tomar”, declarou. 

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.