Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho e Isabella Alonso Panho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Sucessor do ‘orçamento secreto’ oculta R$ 5,5 bilhões da União em 2023

Dados se referem à chamada 'emenda pix' e foram coletados pela ONG Transparência Brasil

Por Sérgio Quintella Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 29 Maio 2023, 15h45 - Publicado em 29 Maio 2023, 11h29

Um estudo divulgado nesta segunda, 29, pela ONG Transparência Brasil aponta que as chamadas “emendas pix” ocultaram o destino de 5,5 bilhões de reais do Orçamento da União em 2023. O montante diz respeito a 81% de um total de 6,75 bilhões de reais que foram transferidos mediante emendas parlamentares a estados e municípios.

As transações foram possíveis devido à aprovação, em 2019, da Emenda Constitucional 105, que criou as transferências especiais, por meio das quais cada parlamentar tem o direito de destinar recursos diretamente para estados e municípios, sem a necessidade de formalizar convênios, por exemplo.

Em 2020, os repasses chegaram a 620 milhões de reais. Nos anos seguintes, o salto foi exponencial, passando a 2 bilhões de reais em 2021, 3,3 bilhões de reais no ano seguinte, até chegar aos 6,75 bilhões atuais. O crescimento de 2023 coincide com a proibição em 2022, pelo STF, da utilização de outro dispositivo de distribuição de recursos, as emendas de relator, conhecidas como “orçamento secreto”.

Ao contrário do “orçamento secreto”, as “emendas pix” podem ter os nomes dos autores divulgados, mas na maioria dos casos o destinatário final e como o dinheiro será utilizado não são conhecidos. Isso acontece porque, ao formalizarem suas emendas individuais (RP 6), os deputados podem optar por definir ou não o destino no campo ‘localizador’ ou ‘subtítulo’. Ou seja, ele pode determinar expressamente qual será a cidade beneficiada, indicar de forma genérica que o recurso irá para um determinado estado ou para uma região. A publicidade só ocorre, nesses casos, após a emissão dos empenhos.

Continua após a publicidade

Os 19% dos recursos que puderam ser rastreados até aqui estão distribuídos em 459 cidades. As primeiras da lista são Carapicuíba-SP (42,9 milhões de reais), Senador Guiomard-AC (29,5 milhões de reais) e São João de Meriti-RJ (19,7 milhões de reais).

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.