Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Romero Jucá lidera disputa pelo Senado e ensaia volta ao poder em Brasília

Protagonista nos governos FHC, Lula, Dilma e Temer, ele foi alvejado pela Lava Jato e perdeu a reeleição em 2018

Por Da Redação
7 jul 2022, 17h57

Depois de ser alvo de um processo de cassação pelas acusações de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras, durante a Operação Lava Jato, o ex-senador Romero Jucá (MDB) ensaia uma volta ao cenário político nacional — ele lidera a corrida eleitoral para o Senado por Roraima, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira, 7, pelo instituto Real Time Big Data. Jucá tem 29% das intenções de voto, seguido pelo deputado federal Hiran Gonçalves (PP), que tem 17%, e pelo senador Telmário Mota (PROS), com 15%. A margem de erro é de três pontos percentuis para mais ou para menos.

Jucá foi governador de Roraima entre 1988 e 1990 e ocupou uma cadeira do Senado representando o estrado de 1995 a 2019. Durante esse período, foi líder de governo dos presidentes Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Também foi ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão de Michel Temer em 2016 — antes, havia ocupado a cadeira da Previdência Social em 2005, no governo Lula.

Quando era protagonista do governo Temer, Jucá virou alvo da Lava Jato e nunca mais ocupou o mesmo espaço na política nacional. Ele foi gravado numa conversa com Sérgio Machado, da Transpetro, em que dizia que uma “mudança” no governo federal (a saída de Dilma e assunção de Temer) resultaria em um pacto para “estancar a sangria” representada pela operação. O então senador renunciou no mesmo dia e ainda foi citado num esquema de delação da Odebrecht. No entanto, seu processo de cassação, aberto em maio de 2016, foi arquivado no mês seguinte por falta de provas.

Apesar da não condenação, as acusações deixaram Romero Jucá de fora do Senado pela primeira vez em 24 anos nas eleições de 2018, quando ele ficou em terceiro lugar, 300 votos abaixo do segundo colocado (e eleito), Mecias de Jesus (PRB). Chico Rodrigues (DEM) foi o mais votado.

Continua após a publicidade

Agora, completam a lista de pré-candidatos ao Senado o ex-juiz Helder Girão (PMN), que tem 6% das intenções de voto; Ozéas Colares (Podemos), com 2%; Maranhão do Povão (PDT), que tem 1%; e  Bartolomeu da Silva (PSOL). São 14% de brancos e nulos e 15% que não sabem ou não responderam.

Governo

Já na corrida ao governo do estado, a disputa está polarizada entre a ex-prefeita de Boa Vista Teresa Surita (MDB), que tem 47%, e o governador Antônio Denarium (PP), com 36%. Rudson Leite (PV) e Fabio Gonçalves de Almeida (PSOL) aparecem com 1%, e Juraci Francisco dos Santos (PDT) não pontuou. São 7% de brancos e nulos e 8% que não sabem ou não responderam.

O Real Time Big Data ouviu 1.500 pessoas entre os dias 5 e 6 de julho e cadastrou a pesquisa com o número RR-04257/2022 no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.