Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Maquiavel Por José Benedito da Silva A política e seus bastidores. Com João Pedroso de Campos, Reynaldo Turollo Jr., Tulio Kruse, Diogo Magri, Victoria Bechara e Sérgio Quintella. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Quais são os principais institutos de pesquisa eleitoral do Brasil

Em contexto recente de multiplicação de pesquisas, levantamento aponta 11 institutos que divulgaram enquetes presidenciais em 2022

Por Da Redação Atualizado em 12 jun 2022, 09h47 - Publicado em 11 jun 2022, 09h30

Como mostrou a reportagem desta semana de VEJA, as eleições atuais estão sendo marcadas pela proliferação de pesquisas eleitorais e institutos, cada um com sua história, metodologia, financiador e credibilidade. Usando como critério os levantamentos presidenciais feitos em 2022, segue abaixo a lista dos 11 principais institutos, cada um com as suas especificidades.

Datafolha
Foi criado em 1983 e faz parte do Grupo Folha/UOL. O jornal Folha de S. Paulo é quem financia e a metodologia é de entrevistas presenciais, ouvindo 2.556 pessoas.

Ipec
O caçula dos institutos foi fundado em fevereiro de 2021 por ex-diretores do Ibope. Em 2022, fez três pesquisas presidenciais limitadas ao Ceará, Espírito Santo e Rio de Janeiro, contratadas por TV Cidade de Fortaleza, A Gazeta do Espírito Santo e Rio Indústria. A metodologia é de entrevistas presenciais, ouvindo de 608 a 1.008 pessoas

Ipespe
Criado em 1986 por professores e pesquisadores, entre eles o cientista político Antônio Lavareda. É financiado pela corretora XP Investimentos — neste ano, também foi contratado por Infostocks, que é proprietário do portal InfoMoney (e pertence à XP), Tribuna do Norte e Folha de Pernambuco. Recentemente, o instituto retirou uma pesquisa que estava cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por pressão de aliados bolsonaristas descontentes com os números que favoreceriam Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Segundo a assessoria da corretora, o levantamento foi apenas adiado, já que a pesquisa deixará de ser semanal para se tornar mensal. O Ipespe entrevista 1.000 pessoas por telefone em cada pesquisa.

FSB
Fundado em 2008, é ligado ao grupo FSB Comunicação, uma das maiores empresas de comunicação institucional do país — que presta inclusive serviços à administração pública. O financiador é o banco BTG Pactual e as entrevistas são feitas por telefone, com 2.000 pessoas.

Quaest
Fundada em Minas Gerais 2016, passou a realizar pesquisas fora do estado somente em 2020. Conta com o financiamento da corretora Genial Investimentos. Entrevista 2.000 pessoas nas pesquisas presidenciais, de forma presencial.

Continua após a publicidade

Paraná Pesquisas
Fundado em 1990, passou a realizar pesquisas presidenciais em 2013. Quem financiou os levantamentos presidenciais em 2022 foi a BGC Liquidez Distribuidora de Títulos Mobiliários. Eles foram feitos de forma presencial, com 2.020 pessoas. Recentemente, voltou a frequentar o noticiário por firmar um contrato de 1,6 milhão de reais com o Ministério das Comunicações do governo Bolsonaro ao mesmo tempo em que divulga pesquisas presidenciais. O seu diretor, Murilo Hidalgo, se defendeu ao dizer que venceu uma licitação para ter o contrato e que o crescimento recente do seu instituto o coloca como alvo da concorrência.

MDA
Instituto fundado em 1988 por Professores da Universidade Federal de Lavras (UFLA) que, desde 2012, só faz levantamentos a pedido da CNT (Confederação Nacional do Transporte). Em 2022, fez uma pesquisa por meio de entrevistas presenciais e outra por telefone. Ouviu 2.002 pessoas em ambas.

Gerp
O instituto foi fundado na década de 1980, passou a fazer pesquisas municipais em 2016 e fez a primeira presidencial em março de 2022, com 2.095 pessoas por telefone. O financiamento é feito com recursos próprios.

Real Time Big Data
Criado em 2015, faz pesquisas para emissoras como Record e CNN Brasil — a única pesquisa presidencial feita em 2022 foi paga pela CNN Brasil, entrevistando por telefone 3.000 pessoas.

Futura Inteligência
Foi criada em 2005 e só realiza pesquisas presidenciais desde 2021, sob financiamento do Banco Modal. Ouve 2.000 pessoas em pesquisas por telefone.

PoderData
Foi fundado em 2017 e é ligado ao site jornalístico Poder360, realizando as pesquisas com recursos próprios. Nas presidenciais, fala com 3.000 pessoas através de um método de entrevistas por telefone feitas por um robô.

Ideia
Fundado em 2011, só passou a fazer pesquisas públicas em 2018 e é financiado pela revista Exame. Ouve 1.500 pessoas por telefone.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)