Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

O bom desempenho de Rosangela Moro em duas pesquisas no Paraná

Levantamentos feitos pelo instituto Paraná Pesquisas colocam a advogada em boas posições tanto para a prefeitura quanto para o Senado

Por Da Redação
31 out 2023, 16h13

A advogada Rosangela Wolff Moro tem o que comemorar nos dois últimos levantamentos eleitorais feitos pelo instituto Paraná Pesquisas – ela aparece bem posicionada tanto para a disputa da prefeitura de Curitiba quanto para uma vaga no Senado, que, ironicamente, seria aberta para 2024 caso o seu marido, Sergio Moro (União Brasil) seja cassado pela Justiça Eleitoral.

Na pesquisa para a prefeitura, feita entre os dias 26 e 29 de outubro e divulgada nesta terça-feira, 31, Rosangela Moro aparece em segundo lugar no principal cenário: ela tem 15,3% das intenções de voto, atrás apenas do ex-prefeito Luciano Ducci (PSDB), que tem 25,6%, e à frente do vice-prefeito Eduardo Pimentel (PSD), que tem 14,7%, e do ex-deputado Paulo Martins (PL), que tem 11,4% — com exceção de Ducci, os outros três estão empatados dentro da margem de erro de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

Já na pesquisa para o Senado, feita entre os dias 19 e 23 de outubro, ela aparece em segundo lugar em um dos cenários, com 17,9%, atrás de Alvaro Dias (Podemos), que tem 29,8%, e à frente de Gleisi Hoffmann (PT), que aparece com 16,1%. A margem de erro nessa pesquisa é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

No principal cenário, no entanto, quem lidera é a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL), que tem 35,7% e é seguida por Dias (24,4%) e Gleisi (16,2%) – Rosangela Moro aparece em quarto lugar, com 7,4%.

Para triunfar politicamente no Paraná, Rosangela Moro teria que mudar o seu domicílio eleitoral, que hoje é São Paulo, estado onde foi eleita deputada federal em 2022 com mais de 217.000 votos.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.