Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
José Casado Por José Casado Informação e análise

Katia Abreu: “Desculpem, nós custamos caro demais para o Brasil”

Frase

Por José Casado Atualizado em 16 abr 2022, 05h01 - Publicado em 16 abr 2022, 09h00

Eu imagino que hoje os gestores [públicos] têm mais medo do Tribunal de Contas da União do que do Judiciário – todo mundo, todo gestor tem mais medo do Tribunal de Contas. Então eu imagino: com o Tribunal de Contas da União, o Cade e o Judiciário de um modo geral, o que poderia ser feito para cobrar do gestor brasileiro? – quer seja o Presidente da República, quer sejam os governadores? Não é criminalizar ninguém, não. É uma cobrança mais incisiva nesses resultados, porque isso é dinheiro público. Se [numa empresa] demoro uma hora para fazer a mesma coisa que um americano faz em 15 minutos, isso está prejudicando [o país] de alguma forma. É claro que eu vou ter remuneração menor do que o trabalhador americano (…) Fico imaginando, sem fulanizar, sem pessoalizar a figura de nenhum gestor: eu queria saber o que que essas instituições fazem e poderão fazer além de fiscalizar corrupção, desvios – que isso evoluiu demais, graças a Deus, mas nós não podemos ficar só nessa questão. Caçar bruxa e ladrão é ótimo, é necessário, é fundamental, porque a corrupção também afeta a produtividade do país, mas é só isso? Eu acho que essas instituições… Desculpem, nós, senadores, custamos caro demais para o Brasil. Nós custamos caro! Isso aqui é uma estrutura monumental! De todos os Poderes! Quanto custa o Tribunal de Contas da União por ano? Quanto custa o Senado Federal? A Câmara dos Deputados? Quanto custa o Cade? E o resultado disso, efetivo, para a população brasileira, em termos de melhorar minha vida? ‘Minha vida está péssima!’ — o brasileiro olha no espelho e diz isso para ele próprio. ‘Minha vida está ruim. Eu não arrumo emprego, eu não tenho qualificação, meu salário está defasado, eu estou desalentado, se não estou desempregado…’ Então, alguma coisa precisa ser feita para cobrar dos gestores.”

(Kátia Abreu, empresária, senadora pelo Partido Progressistas do Tocantins e ex-ministra da Agricultura no governo Dilma Rousseff, em debate no Senado.) 


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)